conecte-se conosco


MATO GROSSO

Sorteio mensal do Nota MT beneficia 145 instituições de 52 municípios

Publicados

em


O primeiro sorteio de 2022 do Programa Nota MT, coordenado pela Secretaria de Fazenda (Sefaz-MT), beneficiou no concurso mensal de dezembro 145 entidades de 52 municípios mato-grossenses. Elas foram indicadas pelos 1.002 contribuintes sorteados e, juntas, vão receber R$110 mil. Esse valor correspondente a 20% dos prêmios de R$ 10 mil e R$ 500 distribuídos nesta quinta-feira (13.01).

As cinco entidades sociais mais contempladas neste sorteio pertencem às cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande. Entre os 1.002 ganhadores, 203 indicaram a Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso (AACC) e 75 escolheram o Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCan-MT). Essas instituições vão receber R$ 24,1 mil e R$ 7,5 mil, respectivamente.

O Centro Social do Menino Jesus de Sinop foi a terceira entidade social mais premiada, com 24 indicações, e será beneficiada com R$ 2,4 mil. Já o Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, localizado em Várzea Grande, e a Santa Casa de Rondonópolis, também, se destacaram no ranking de indicações e cada uma irá receber R$ 2,3 mil.

Leia Também:  Governo abre 35 leitos de UTI e 5 de enfermaria para tratamento da Covid-19

Esses valores repassados às entidades filantrópicas ajudam na manutenção, investimento e funcionamento das atividades. Atualmente, 197 instituições sociais estão cadastradas no Nota MT e podem ser indicadas pelos contribuintes no ato do cadastro ou depois para receber 20% das premiações.

Para participar do Nota MT e ser indicada pelo consumidor, a instituição deve estar cadastrada junto à Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc). Esse cadastro também permite acesso a outros projetos, programas do governo, doação de produtos, entre outros.

Doe sua Nota

Além dos 20% referentes aos prêmios sorteados, as entidades filantrópicas contam com o Doe sua Nota, funcionalidade do Nota MT. O cidadão pode doar suas notas fiscais (NFC-e) das suas compras para as instituições cadastradas no Programa, desde que o documento fiscal não tenha informação do CPF do consumidor e o valor seja inferior a R$1 mil.

O Doe Sua Nota foi disponibilizado no início do mês de outubro de 2021 e cada nota fiscal doada gera pontos para as entidades que serão convertidos em valores em dinheiro. Ao todo, serão distribuídos R$ 2 milhões por ano.

Leia Também:  Manejo e adubação refletem em maior produção de café para agricultores de Cotriguaçu

As notas fiscais poderão ser doadas de duas formas: eletronicamente no aplicativo ou site do Nota MT, ou pessoalmente em urnas que serão disponibilizadas nos estabelecimentos comerciais. No caso das doações feitas em urnas, cada entidade será responsável pelos pontos de coleta, assim como por computar os documentos fiscais doados.

(Supervisão de Texto Lorrana Carvalho)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

“Não vou parar mais nada, agora é vacina”, diz Mauro Mendes

Governador diz que medidas de segurança devem se manter diante da pademia, mas não cogita reimplantar ações restritivas à economia

Publicados

em

Por

Governador Mauro Mendes
Reprodução da Internet

Fonte: O Livre

O governador Mauro Mendes disse nesta sexta-feira (28) que não cogita readotar medidas restritivas para conter a alta diária de contágio pela variante ômicron, do novo coronavírus, crescente nas últimas semanas.

“Não dá mais para ficar fechando tudo. Nessa pandemia, já está comprovado que quem tomou primeira dose, segunda dose, dose de reforço, ela [a doença] já se tornou uma gripezinha . Agora, é vacina. Eu não vou mais fazer nenhuma licitação para conter os casos”, disse.

Alguns municípios em Mato Grosso começaram a reimplantar as medidas de limite de funcionamento para estabelecimentos comerciais, igrejas, a proibição de atividades coletivas em espaços públicos e o toque de recolher.

A justificativa dada nos decretos pelos prefeitos é o surto da gripe H3N2 e a elevação dos novos casos diários da covid-19. Até o ano passado, a implantação das medidas de biossegurança ou a suspensão delas vinha sendo orientada por decretos estaduais.

Os boletins diários da Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostram que, em 2022, a curva de contágio voltou subir, com picos acima de 5 mil novos casos ao dia. A alteração foi acompanhada pela taxa de ocupação de leitos mais alta, mas a média de mortes se mantém semelhante à do ano passado.

Leia Também:  Sexta-feira (28): Mato Grosso registra 621.673 casos e 14.261 óbitos por Covid-19

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: