conecte-se conosco


Geral

Registro de armas cresce quase 50% desde posse de Bolsonaro

Publicados

em

Registro de armas cresce quase 50% desde posse de Bolsonaro

Facilitar a posse de armas foi uma das promessas de campanha do presidente Jair Bolsonaro e um dos seus primeiros atos como presidente. Com a aprovação de uma medida provisória que facilitou a compra de armas de fogo, o número de registro concedidos bateu recorde, sendo o maior desde 1997, segundo o jornal Folha de S.Paulo.
De acordo com a reportagem, os registros concedidos pela Polícia Federal aumentaram 48% até novembro de 2019. Entre essas novas autorizações não estão incluídos registros para caçadores, atiradores e colecionadores. Nesses casos, a autorização é concedida pelo Exército e o crescimento registrado foi de 8%.

 


O presidente Jair Bolsonaro editou oito decretos que modificam regras de porte e posse de armas no Brasil. Entre as modificações estão: o aumento da validade dos registros de cinco para dez anos; armas mais potentes passaram a ser permitidas, assim como, autorização para adolescentes praticarem tiro desportivo; permissão para o porte de armas em toda extensão de propriedade rural; e flexibilização das regras para caçadores, colecionadores e atiradores, que agora prevê a possibilidade de transporte com armas com munição.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Caminhão com cigarros contrabandeados tomba e grande parte da carga é saqueada
Propaganda

Geral

Mulher é comida pelos 20 gatos de estimação após morrer em casa

Policiais russos encontraram o corpo da mulher, não identificada, parcialmente devorado

Publicados

em

Por

Reprodução/The Sun

Hora 7 – R7

O corpo de uma mulher foi devorado parcialmente pelos 20 gatos de estimação dela. A descoberta foi feita por policiais, que encontraram o corpo cerca de duas semanas após a morte, em casa.

O caso ocorreu em Bataysk, na Rússia, e as autoridades não revelararam a identidade nem a idade da vítima. Um dos subordinados dela em uma empresa ligou para a polícia, pois não conseguia falar com a vítima havia alguns dias.

“Os gatos foram deixados sozinhos por duas semanas e não havia comida. Então, o que mais comer?”, opinou um especialista encarregado de cuidar dos animais — a maioria deles da raça maine coon, a maior raça de gatos domésticos do mundo.

“É compreensível, né? Eles comeram o que tinha”, completou o especialista em entrevista à agência de conteúdo Newsflash

A maioria dos gatos foi descrita como saudável e alguns deles foram vendidos por cerca de R$ 180 (1.968 rublos), o que mostra que o capitalismo realmente não tem limites. Não foi informado se os compradores sabem do gosto por carne humana que os felinos podem ter adquirido.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Parque Nacional do Iguaçu bate recorde de visitantes em 2019
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: