conecte-se conosco


Geral

Prefeitura de Goioerê vai retomar Projeto Eco-Ponto em fevereiro

todo final de ano aumenta em grande número o volume de materiais inservíveis

Publicados

em

Preocupado com a expansão da proliferação do mosquito da dengue que vem aumentando em todo Paraná, nos municípios da região e visando manter Goioerê fora do circuito das cidades emestado de epidemia, o prefeito Pedro Coelho, anunciou à reportagem da Tribuna, que retomará o Projeto EcoPonto que resultou em grande sucesso nos anos anteriores, possibilitando com que um grande número de materiais inservíveis que se acumulam nos quintais pudessem ser recolhidos através das ações do projeto.

 


Segundo o prefeito, todo final de ano aumenta em grande número o volume de materiais inservíveis nas residências, quintais e por consequência, nos terrenos baldios da cidade, a grande maioria dos objetos acabam se transformando em criadouro do mosquito da dengue. Motivo que levou a administração e solicitar da Secretaria de Viação e Obras um cronograma para que o Eco Ponto retome, passando pelos bairros de Goioerê.

Trata-se de um importante projeto ambiental, de iniciativa da Prefeitura Municipal e que vai envolver uma equipe de cerca de 30 pessoas ligadas nas Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente, Viação e Obras, Agentes de endemias e dengue, no trabalho de recolhimento do material descartado pelas famílias.
A proposta do projeto EcoPonto conforme o prefeito Pedro Coelho, com essas ações é reduzir drasticamente o volume de material inservível descartados em terrenos baldios, onde constantemente são encontrados sofás, restos de guarda roupa, pia e móveis diversos.

Leia Também:  Traição gera indenização por danos morais; Amante pode tomar processo

O lançamento do “EcoPonto”, deverá ocorrer em princípio de fevereiro, quando a população dos bairros deverá colocar todo o material inservível em frente aos locais indicados pela Prefeitura. O projeto orienta a população a realizar o descarte nos pontos que serão anunciados pela Prefeitura

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Mulher é comida pelos 20 gatos de estimação após morrer em casa

Policiais russos encontraram o corpo da mulher, não identificada, parcialmente devorado

Publicados

em

Por

Reprodução/The Sun

Hora 7 – R7

O corpo de uma mulher foi devorado parcialmente pelos 20 gatos de estimação dela. A descoberta foi feita por policiais, que encontraram o corpo cerca de duas semanas após a morte, em casa.

O caso ocorreu em Bataysk, na Rússia, e as autoridades não revelararam a identidade nem a idade da vítima. Um dos subordinados dela em uma empresa ligou para a polícia, pois não conseguia falar com a vítima havia alguns dias.

“Os gatos foram deixados sozinhos por duas semanas e não havia comida. Então, o que mais comer?”, opinou um especialista encarregado de cuidar dos animais — a maioria deles da raça maine coon, a maior raça de gatos domésticos do mundo.

“É compreensível, né? Eles comeram o que tinha”, completou o especialista em entrevista à agência de conteúdo Newsflash

A maioria dos gatos foi descrita como saudável e alguns deles foram vendidos por cerca de R$ 180 (1.968 rublos), o que mostra que o capitalismo realmente não tem limites. Não foi informado se os compradores sabem do gosto por carne humana que os felinos podem ter adquirido.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mulher discute com ex e coloca fogo nas próprias motos em ato de fúria
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: