conecte-se conosco


CIDADES

Prefeito Alex Berto almoçou com a Direção da Fundaper

Publicados

em

O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto almoçou nesta sexta-feira (05/03/2021) com Diretor Presidente da Fundaper, Sr. Carlos Milhomem e com o Diretor Presidente do Concelho Curador da Fundaper, Sr. Rogério Monteiro.

O Prefeito comentou que “a Fundaper é a principal parceira para viabilização de projetos na capitação de recursos para Agricultura Familiar de MT; e agora está incluindo o nosso município em suas ações!”

Criada em 1999, a Fundação de Amparo à Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Mato Grosso (Fundaper) tem o objetivo de captar recursos para projetos de pesquisa e extensão rural.

Com 22 anos de atuação, a Fundaper é uma Organização Não Governamental (Ong) que foi criada pelos funcionários da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) sem fins lucrativos com autonomia administrativa, financeira e patrimonial.

A entidade presta serviços de capacitação a técnicos, agricultores rurais, lideranças municipais em desenvolvimento e gestão, serviços de consultorias na área agropecuária e em programas regionais de desenvolvimento econômico e social, promove cursos, simpósios, seminários, conferências, estudos e ainda, apoia projetos de desenvolvimento tecnológico e agro-industrial.

Leia Também:  NOBRES: Ex-presidiário é esfaqueado no bairro São José

Assessoria

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Sorriso: Jovem é ameaçado e perde quase R$ 3 mil após trocar mensagem com mulher casada

Publicados

em

Por

Terra MT Digital

Um jovem, de 19 anos, procurou delegacia para relatar que pode ter caído em um golpe após receber uma solicitação de amizade no Facebook, de uma mulher e depois ser ameaçado por dois homens, que entraram em contato via whatsapp.

Segundo o jovem, ele aceitou o pedido de amizade da suposta mulher e começaram a conversar.

Ele passou o número do WhatsApp e depois que estavam conversando e a conversa estava “caliente, dois homens entraram em contato com o jovem por números diferentes pelo WhatsApp, dizendo que o jovem estava mexendo com mulher casada e que seus colegas iriam pegá-lo, que eles eram faccionados e que queriam resolver logo o problema, então pediram uma quantia de R$3000, pra deixar o jovem sem problemas com o esposo da mulher.

O jovem, com medo, realizou cinco transferência no total uma no valor de R$ 1000, cinco no valor de R$ 500 e uma no valor de R$311 totalizando R$2811.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  TRE mantém reprovação de contas e manda PT devolver R$ 155 mil em MT
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: