conecte-se conosco


POLÍTICA

Ponte sobre rio Tanguro na MT-109 está sem condições de trafegabilidade

Publicados

em


Foto: Fernanda Trindade

O deputado Ulysses Moraes (PSL) realizou uma fiscalização na terça-feira (23), em uma ponte sobre rio Tanguro, entre Canarana e Querência, na MT-109. O parlamentar encontrou uma ponte de concreto que não liga ao estradeiro, isso porque o governo de Mato Grosso fez a obra sem realizar o devido aterramento. 

“O que vimos é uma ponte sem o devido aterramento, deve ser para disco voador, porque carro não existe ainda para que consiga atravessar nessa ponte”, disse Moraes. 

De acordo com dados do Geo Obras, a construção dessa ponte faz parte da construção de Pontes de Concreto Pré-Moldado Protendido Integrantes do lote 02, do Programa pró-concreto do governo de Mato Grosso. As construções tiveram início em outubro de 2019, como valor inicial de R$ 137.572.289,50. 

A ponte teve um valor de R$ 1.813.770,47. A obra foi iniciada em 5 de novembro de 2019. O Contrato global é o de n° 016/2019.

“Como que faz uma ponte sem o aterramento? Imagine os milhões gastos aqui para população não conseguir usar, não ter acesso e daqui a pouco a ponte já está velha e não fez nada e ninguém nunca usou. Isso é dinheiro público parado. Não podemos aceitar essa situação”, acrescentou o deputado. 

Leia Também:  Deputado Claudinei apoia a reestruturação do posto da PRF na Serra de Vicente

De acordo com o parlamentar, “ou faz o serviço direito ou não faz, porque fazer para cortar fitinha e inaugurar não dá”. Moraes afirma que hoje, infelizmente a obra do jeito que está não serve para nada. 

“Isso é Mato Grosso inovando, essa é a primeira ponte para disco voador. Essa situação é triste, esse é mais um caso de desperdício de dinheiro público. Não podemos mais aceitar situações como essa e vamos cobrar o governo de MT por uma solução. Do jeito que está não dá para ficar”, finalizou o parlamentar.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Gratuidade no transporte público intermunicipal para servidores da segurança é aprovada na ALMT

Publicados

em

Por


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Foi aprovada em primeira votação, durante a sessão desta quarta-feira (01), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o projeto de lei nº 413/2019, que dispõe sobre a gratuidade do transporte público intermunicipal aos Policiais Civis, Militares, Bombeiros e Agentes Penitenciários em atividades no Estado de Mato Grosso. O projeto é de autoria do deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), que é policial penal de carreira e presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária dentro do Parlamento.

De acordo com o parlamentar, afirmando que o fato ocorre com muita frequência, alguns servidores são transferidos de um determinado município para outro, atendendo as necessidades da sua corporação. Essas transferências atribuem um novo custo com transporte público no orçamento destes profissionais.

“Apresentamos este projeto logo no início da nossa legislatura, como forma de fazer justiça econômica para estes profissionais, dando a oportunidade de realizar economia na hora da sua locomoção, saindo de um município para o outro. Mas a nossa iniciativa atende também o servidor que precisa se deslocar pelo Estado a trabalho, sem diárias, ou necessitam comparecer até a sede central do órgão o qual é vinculado”, disse João Batista.

Leia Também:  Deputados ouvem explicação de Allan Porto sobre processo seletivo

Em seu projeto, Batista determina que o limite de um assento por viagem, seja destinado para o servidor que solicitar a gratuidade com até 12 horas antes da partida estabelecida pela empresa de transporte. Caso não haja disponibilidade de assento no ônibus desejado, os servidores que optarem pela gratuidade, poderão solicitar vaga no próximo horário da condução, sempre apresentando a identidade funcional.

O deputado afirma que irá trabalhar junto aos demais parlamentares, para que o PL seja aprovado em segunda votação, siga os trâmites necessários e seja sancionado pelo Governo do Estado. “Precisamos dar mais dignidade para os nossos guerreiros e guerreiras da segurança pública de Mato Grosso. O transporte público gratuito, seja municipal, ou intermunicipal, é o mínimo do mínimo que o Poder Executivo pode oferecer. É uma ação simples, mas que trará mais dignidade para estes profissionais”, finalizou o parlamentar.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

CIDADES14 horas atrás

Inscrições para o Processo Seletivo da Prefeitura de Nobres se encerram hoje (01/12)

Processo Seletivo: comissão criada organiza e avalia evento que abre vagas ao serviço público municipal

CIDADES15 horas atrás

Prefeitura e Estado pagarão R$ 200 mil pelo Natal em Diamantino

Projeto de Natal foi apresentado pela prefeitura de Diamantino

CIDADES15 horas atrás

Policiais Militares em Jangada detém indivíduo com arma de fogo e munições pela Área Central Jangadense

Fonte: JangadaMT Na manhã desta terça-feira (30), Policiais Militares em Jangada realizavam rondas na área central da cidade, quando num...

CIDADES15 horas atrás

ACORIZAL: Diego Taques estreita relações política com o vizinho município de Jangada

Prefeito recebe visita do presidente da Câmara Municipal de Jangada

CIDADES1 dia atrás

Prefeito Alex e Presidente Amilson falam sobre fortalecimento da agricultura familiar de Rosário Oeste

O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto se reuniu com o Presidente da Câmara de Rosário Oeste na manhã desta...

CIDADES1 dia atrás

Prefeito Alex fala sobre os avanços da sua gestão durante o aniversário da Câmara de Rosário Oeste

Assessoria O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto fez parte da mesa de autoridades durante a solenidade de Comemoração do...

CIDADES1 dia atrás

ANIVERSÁRIO DA CÂMARA – Prefeito Alex Berto participou de evento que homenageou celebridades importantes de Rosário Oeste

Assessoria O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto participou na noite da última segunda-feira (29/11/2021) da sessão solene em alusão...

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: