conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil fecha festa com aglomeração de pessoas e prende quatro por fornecimento de bebidas a menores

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Onze pessoas, entre elas menores de idade, que faziam aglomeração no município de Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá) foram detidas pela Polícia Civil, na tarde de quinta-feira (10.06), durante diligências para averiguar uma denúncia anônima.

Quatro dos conduzidos foram autuados em flagrante pelo crime contra a pessoa de perigo de contágio de moléstia grave previsto no artigo 268 do Código Penal e por crime de servir bebida alcoólica a menor de 18 anos, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

As diligências iniciaram logo após denúncia sobre um endereço onde acontecia uma festa com fornecimento de bebidas alcoólicas para adolescentes. Segundo as informações, as pessoas estavam descumprindo as medidas impostas pelo Poder Público, em razão da pandemia de prevenção à propagação da Covid-19.

De posse das informações, os policiais civis foram até o bairro Centro-Oeste, e constataram a aglomeração com 11 pessoas na residência, desrespeitando o distanciamento social, sem uso de máscara facial e sem qualquer outro tipo de protocolo de biossegurança.

Leia Também:  PM recupera veículos em Várzea Grande e Peixoto de Azevedo

Na ocasião, foi verificado o fornecimento de bebidas alcoólicas para adolescentes que participavam da festa. Diante dos fatos todos os presentes foram encaminhados até a Delegacia de Nova Xavantina, e ouvidos pelo delegado Raphael Diniz.

Após os depoimentos, quatro conduzidos maiores de idade, foram presos pelo crime do artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (de fornecer bebida alcoólica para menor), e pelo crime do artigo 268 e 330 do Código Penal (descumprimento de determinação do poder público inerente a prevenção da propagação da pandemia).

Já os adolescentes responderão por ato infracional de descumprimento das medidas de prevenção da Covid-19.

Conforme o delegado Raphael Diniz todos os detidos foram autuados com multa em seus respectivos CPFs no valor de R$ 500, pela desobediência aos decretos do Poder Público que visa a prevenir a propagação de doença contagiosa.

Após a confecção dos procedimentos, os quatro presos foram encaminhados para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Durante abordagem policial, PRF em Rondonópolis encontra líderes de organização criminosa foragidos da justiça

Publicados

em

Por


No dia de ontem (25), por volta das 16 horas, uma equipe da PRF, durante fiscalização de combate ao crime, no km 211 da BR 364, município de Rondonópolis-MT, abordou uma caminhonete Hilux de cor preta, ocupada por quatro indivíduos.

Foi solicitada a documentação de todas as pessoas do veículo, sendo apresentadas duas CNHs e duas carteiras de identidade. Durante checagem aos sistemas, a equipe observou que ambos RGs apresentados continham indícios de falsificação, sendo realizada uma busca mais detalhas nesses dois indivíduos. Em conversa com um deles, o mesmo relatou que era foragido da justiça, e disse seu verdadeiro nome, tendo apresentado o RG falso porque foi avisado por sua advogada de que havia um mandado de prisão em aberto em seu nome.

Após novas pesquisas nos sistemas e fontes policiais, o verdadeiro nome do indivíduo foi confirmado com mandado de prisão pendente de cumprimento. Já o outro homem que apresentou documento falso, também possuía mandado de prisão em aberto com validade até 16 de abril de 2033.

Os policiais ainda conseguiram descobrir, posteriormente, que um terceiro homem, dos que estavam dentro da caminhonete, embora não apresentar documentos falsos, também tinha um mandado de prisão em seu desfavor.

O último integrante do veículo, apesar de expor histórias conflitantes sobre o motivo da viagem, alegou não saber que os outros três indivíduos eram foragidos da justiça. Ele não tinha nenhuma pendência com a lei e não estava na flagrância de crime.

Antes do final da ocorrência, após contato com a Polícia Federal e Polícia Civil do estado do Amapá, a equipe da PRF teve conhecimento de que os envolvidos na situação tratavam-se de lideranças criminosas do estado do Amapá, e que eram intensamente procurados pela polícia daquela região.

Foi mais um importante trabalho da PRF no estado de Mato Grosso, garantindo a promoção da justiça e maior efetividade na segurança pública, trabalhando com integração e parceria com as demais forças policiais de nosso país.

                                                      ___________________________________________________________________

 Durante o final de semana, a PRF localizou mais dois indivíduos com mandados de prisão em aberto. Um novamente no município de Rondonópolis e outro em Cuiabá. Os mandados eram pela prática dos crimes de associação criminosa, falsificação de documento pública e crime ambiental.

Leia Também:  Polícia Militar lamenta a morte do soldado Roberto Rodrigues em Várzea Grande
Fonte: PRF MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA