conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil de MT recebe gestores da Polícia Civil catarinense para troca de experiências

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso recebeu nesta semana a visita institucional do delegado-geral da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, Marcos Flávio Ghizoni Júnior e equipe para apresentar as ferramentas de Tecnológica e Informação (TI) desenvolvidas pela instituição.

A agenda foi realizada nos dias 1º e 2 de junho, na Capital mato-grossense para tratar de assuntos referentes ao trabalho desenvolvido pelas instituições em atividades investigativas e na área de tecnologia.

A Diretoria da Polícia Civil mostrou o trabalho desenvolvido pela equipe da Coordenadoria de Tecnologia de Informação (COTI), e os programas e ferramentas utilizados que possibilitam a melhoria e celeridade das investigações.

O encontro entre os dirigentes das Policiais Civis possibilitou também a troca de informações e experiências na área da ciência computadorizada, aplicativos e inteligência artificial.

De acordo com a diretora de Execução Estratégica, Daniela Maidel, a troca de experiências é importante para demostrarmos os trabalhos desenvolvidos pela Polícia Civil de Mato Grosso visando, principalmente, o conhecimento no campo investigativo de mútuo interesse das duas instituições.

O delegado-geral de Santa Catarina agradeceu a hospitalidade e cordialidade dos colegas durante a visita técnica, considerada fundamental para conhecer o sistema que Mato Grosso implementou. “Assim podemos analisar e fazer as conclusões, se esse sistema pode ser integralmente implementado na Polícia Civil de Santa Catarina”, afirmou Marcos Flávio.

Leia Também:  Polícia Civil recupera carreta carregada de gado roubado de Fazenda em Nobres

Conforme o delegado-geral catarinense, outra idéia do encontro foi trazer experiências positivas e negativas, para que cada instituição aprenda com a outra. Ele também falou da expectativa de levar muita tecnologia para ser trabalhada em Santa Catarina.

“Buscamos fazer com que as Policiais Civis do Brasil trabalhem unificadamente no combate aos crimes que cada vez mais ultrapassam fronteiras, em especial no quesito de delitos informáticos”, destacou o delegado-geral.

Ainda durante o encontro foram ajustados acordos visando a unificação para investigação dos crimes virtuais, para expedição de carta precatória, entre outras parcerias.

Acompanharam o delegado-geral Marcos Flávio; o gerente de Planejamento e Avaliação, Gustavo Madeira da Silveira; o gerente de Tecnologia da Informação, Everton Wiezbicki e o desenvolvedor da Gerência de Tecnologia da Informação, Bruno Marcos Espíndola.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

PRF aprende dois mil kg de agrotóxicos ilegais

Publicados

em

Por

Na manhã de ontem (29), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal realizava fiscalização na BR 364, município de Santo Antônio do Leverger, quando abordou um caminhão que circulava pela região.

O veículo estava carregado com várias caixas que apresentavam na embalagem rótulos descritos como fertilizantes. Porém, após uma análise mais aprofundada verificou-se que o produto no interior dos sacos apresentava características divergentes dos fertilizantes, os quais tem outra consistência, indicando que o produto transportado se tratava na verdade de Benzoato, um agrotóxico, que na maioria das vezes tem como origem o Paraguai.

Além disso, as embalagens transportadas não possuíam as especificações técnicas exigidas na legislação vigente, bem como o número de registro do produto junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e o número de registro do Ministério da Agricultura e Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Indagado sobre a situação, o condutor do veículo afirmou desconhecer sobre a ilicitude dos produtos e que apenas é contratado como motorista para entregar na região do Mato Grosso.

Leia Também:  Policial penal acusado de torturar mulher e filho é encontrado morto em casa

Os produtos estavam em 200 caixas, ao total foram apreendidos dois mil kg de agrotóxicos.

Diante dos fatos, o homem foi detido, a princípio, pelos crimes de transporte de produto ou substância agrotóxica e contrabando, sendo encaminhado junto aos produtos à Delegacia da Polícia Federal de Cuiabá para as providências que o caso requer.

Fonte: PRF MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: