conecte-se conosco


POLICIAL

Pai é preso em Cáceres pela Polícia Civil por estupro da filha deficiente

Publicados

em

Um pai suspeito de estupro de vulnerável em Cáceres, região oeste do estado, foi preso na quinta-feira (09.06), pela Polícia Civil, pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDM) do município. Os abusos foram cometidos de forma reiterada.

O suspeito de 45 anos foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável, contra sua filha, de 19 anos, que tem deficiência mental.

Na manhã de quinta-feira (09), a vítima, estudante da Escola Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE), foi encaminhada até a DEDM depois de relatar a um professor os abusos sexuais cometidos pelo próprio pai.

Durante a oitiva, assistida e acompanhada de uma psicóloga, a vítima narrou que toda vez que sua madrasta saía de casa, o pai praticava relações sexuais com ela e a ameaçava de bater e que não deixaria a filha ir para a escola caso o denunciasse.

A jovem também acrescentou que o pai praticava os abusos sexuais desde que ela era menor de idade, quando ela era levada à força para o quarto onde o pai a estupra.

Leia Também:  Equipamentos agrícolas oriundos de estelionato cometido em Água Boa são recuperados em Barra do Garças

Conforme a delegada Paula Gomes Araújo, diante dos fatos gravíssimos apresentados, a  vítima foi encaminhada para realizar o exame de corpo delito, que constatou a violência sexual.

Em diligências, policiais civis localizaram o suspeito que foi conduzido até a delegacia, interrogado e autuado em flagrante delito, sendo encaminhado para audiência de custódia da Justiça.

A delegada representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva. As investigações continuam para apurar se a outra filha do suspeito, de 12 anos e com deficiência mental, também sofreu abusos.  

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil entrega novos equipamentos a delegacias de mais oito regionais de Mato Grosso

Publicados

em

Por

A equipe da Polícia Civil responsável por transportar equipamentos de infraestrutura para as delegacias nos mais diferentes pontos de Mato Grosso percorreu nos últimos meses milhares de quilômetros nas regiões norte, nordeste e noroeste do estado para que os resultados dos investimentos feitos pela instituição chegassem aos servidores desses locais. O investimento feito pela Polícia Civil na aquisição dos materiais de infraestrutura apenas neste ano é superior a R$ 1 milhão. 

Equipamentos como mesas, cadeiras, bebedouros, aparelhos de ar condicionado e cofres para guarda de armas e materiais apreendidos foram adquiridos com recursos do programa do Governo do Estado, MT Mais, e de emendas parlamentares estaduais e federais que possibilitaram à Polícia Civil fazer frente às necessidades de melhoria das delegacias, refletindo em melhor atendimento à população.

De acordo com a Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional, da Diretoria de Execução Estratégica, receberam os mobiliários novos as delegacias das Regionais de Alta Floresta, Guarantã do Norte, Juína e Vila Rica.

Ressaltando que, apenas nesse primeiro semestre, a equipe percorreu em torno de nove mil quilômetros rodados, entre ida e volta, para que os materiais fossem entregues nas unidades policiais.

Leia Também:  Polícia Civil prende três suspeitos e fecha ponto de distribuição de drogas em Tabaporã

“Os policiais civis que realizam esse trabalho atuam de forma voluntária para fazer esse transporte e entrega dos materiais que leva valorização aos servidores que atuam nas delegacias mais longínquas. Além disso, o mobiliário novo também proporciona um ambiente melhor de trabalho e de atendimento”, garantindo com isso melhores condições de trabalhos dos nossos policiais, bem como, oferecer serviços de excelência aos cidadãos, aumentando com isso a sensação de segurança comentou Moacir Menezes.

Os recursos das emendas parlamentares e do Programa Mais MT também possibilitaram que a Polícia Civil fizesse investimento na aquisição de viaturas para transporte de presos, computadores, além de identidades funcionais e distintivos para delegados, escrivães e investigadores.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: