conecte-se conosco


POLICIAL

Mulher é mantida em cárcere e estuprada por dois dias em MT

Suspeito é vizinho da vítima

Publicados

em

Uma moradora de Rondonópolis (216 KM de Cuiabá) foi mantida em cárcere privado, roubada e estuprada durante dois dias seguidos por dois homens. Um deles era o seu próprio vizinho, que a assediava constantemente.

De acordo com informações da Polícia Militar, a mulher estava saindo para de casa na manhã da última quinta-feira (4) quando foi abordada por dois homens, que a obrigaram a entrar na residência novamente. Ela foi amarrada e obrigada a revelar seus dados bancários à dupla de estupradores, além de informar a colegas de trabalho e familiares, por meio do whatsapp, que estava “bem”, e que não foi trabalhar por conta de uma “indisposição”. Ela foi violentada diversas vezes.

No dia seguinte, já na noite da sexta-feira (5), a irmã da vítima começou a desconfiar do “sumiço” após contato de colegas de trabalho da mulher submetida a cárcere privado.

Ao chegar na residência, os bandidos ainda tentaram fazer com que ela despistasse sua parente, no entanto, ao ver sua irmã, a vítima saiu correndo, e conseguiu chamar a PM. Um dos criminosos conseguiu escapar, no entanto, o “vizinho estuprador” acabou sendo preso.

Leia Também:  Motocicleta furtada em Nobres foi recuperada no Distrito da Guia

Ainda segundo informações da Polícia Militar a vítima conseguiu reconhecer o vizinho pela voz, tendo em vista que ele usava capuz durante os crimes. A mulher relata que era constantemente assediada por ele.

A Polícia Judiciária Civil (PJC) investiga o caso para localizar outros envolvidos e tipificou os crimes ocorridos como “estupro, sequestro, cárcere privado, lesão corporal, roubo e ameaça”.

Fonte: Folhamax

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil cumpre mandados de apreensão contra autores de latrocínio em Primavera do Leste

Publicados

em

Por

Dois mandados de busca e apreensão, expedidos contra dois infratores investigados por latrocínio em Primavera do Leste, região sul do estado, foram cumpridos pela Polícia Civil na sexta-feira (01.07).

Os adolescentes foram localizados pelos policiais civis da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Primavera do Leste.

Depois de serem apreendidos, por força das ordens judiciais decretadas pela Comarca local, ambos foram encaminhados para o Centro Socioeducativo da cidade de Cáceres.

Os menores de idade foram identificados pelo envolvimento com o roubo, seguido de morte, ocorrido no dia 26 de dezembro de 2021, em Primavera do Leste.

O crime

Luciano Rodrigues Messias foi rendido pela dupla em sua residência, no bairro Castelândia, e, em seguida, amarrado. 

Do local, foram subtraídos dinheiro, uma motocicleta Biz e uma arma de fogo, entre outros objetos.  Em seguida, a vítima foi morta asfixiada. 

No dia seguinte, ambos pagaram uma terceira pessoa (também menor de idade) para ir à casa da vítima e subtrair uma televisão, dois botijões de gás, uma panela elétrica e uma mochila.

Leia Também:  Motocicleta furtada em Nobres foi recuperada no Distrito da Guia

Entretanto, na época dos fatos, este menor acabou sendo apreendido em flagrante pelo ato infracional.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: