conecte-se conosco


MINISTÉRIO PÚBLICO MT

MPMT denuncia Silval Barbosa e outros por organização criminosa

Publicados

em


A 24ª Promotoria de Justiça Criminal de Cuiabá, que compõe o Núcleo de Defesa da Administração Pública e Ordem Tributária do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, denunciou, nesta quinta-feira (24), o ex-governador Silval da Cunha Barbosa pelos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e fraude à execução dos contratos. A denúncia é resultado de um inquérito policial que apontou irregularidades entre os anos de 2011 e 2014, tendo como origem reiterados desvios de recursos públicos por meio de contratos celebrados entre o Governo e as empresas Trimec Construtora e Terraplanagem Ltda. e S.M. Construtora Ltda.

Estima-se que o prejuízo causado ao erário seja de aproximadamente R$ 26,4 milhões à época, sem a devida atualização monetária. Além de Silval, o MPMT denunciou outras oito pessoas, requerendo a condenação dos acusados pelos crimes apontados, bem como a condenação solidária ao ressarcimento dos danos causados aos cofres públicos. Os nove denunciados responderão por fraude à execução dos contratos.

Além disso, o irmão do ex-governador, Antônio da Cunha Barbosa, deve responder pelos mesmos crimes de Silval. O ex-secretário adjunto de Transportes, Alaor Alvelos Zeferino de Paula, também foi denunciado por organização criminosa e peculato. Como os três possuem acordo de colaboração premiada pactuado com a Procuradoria da República de Mato Grosso, os benefícios previstos em lei devem ser aplicados desde que haja a manutenção da colaboração no trâmite da ação penal.

Os empresários Wanderley Facheti Torres e Rafael Yamada Torres, proprietários da Trimec, foram denunciados também pelos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Já o empresário Jairo Francisco Miotto, da S.M. Construtora, é acusado de compor organização criminosa, peculato e falsidade ideológica. O servidor público aposentado Cleber José de Oliveira, que atuou como superintendente de Manutenção e Operação de Rodovias, deve responder por organização criminosa e peculato. Os ex-secretários de Estado Arnaldo Alves de Souza Neto e Cinésio Nunes de Oliveira foram denunciados por peculato, e o segundo, também por organização criminosa.

O inquérito policial foi instaurado inicialmente para apurar as irregularidades descritas pela Controladoria Geral do Estado de Mato Grosso (CGE-MT) quanto à execução e fiscalização de contratos celebrados com as construtoras Trimec e S.M. para contratação de mão de obra visando a manutenção e conservação da malha rodoviária estadual. No decorrer das investigações, após as declarações prestadas pelos colaboradores, constatou-se que as irregularidades na execução dos contratos e as supostas falhas na fiscalização, “na verdade, representaram um sofisticado ajuste criminoso arquitetado pelos integrantes da organização criminosa liderada por Silval da Cunha Barbosa e composta pelos demais denunciados”.

Conforme a denúncia, a organização criminosa, estruturalmente ordenada e caracterizada pela divisão de tarefas entre seus integrantes, efetuava desvios de recursos públicos e posterior lavagem de dinheiro, em razão da contratação milionária de mão de obra para as patrulhas rodoviárias do Estado. Após as empresas serem contratadas pelo Governo, Antonio da Cunha Barbosa Filho reunia-se com os proprietários para acertar o pagamento e recebimento de propina em troca de vantagens financeiras. Silval teria ajustado com os empresários “um plano para desviar recursos dos cofres públicos, de modo que beneficiaria as empresas (…) em troca do pagamento mensal de vantagem indevida de R$ 300 mil a R$ 400 mil, o equivalente a 10% do valor que as empresas receberiam em decorrência dos contratos”.

Leia aqui a denúncia na íntegra. 

Leia Também:  Palestra sobre Direito Antidiscriminatório encerra série de debates

Foto: Edson Rodrigues | Secopa-MT

Fonte: MP MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MINISTÉRIO PÚBLICO MT

MPMT requisita reforço das polícias Civil e Militar em Mirassol D’Oeste

Publicados

em

Por


A 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Mirassol D’Oeste (a 300km de Cuiabá) requisitou à Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), à Delegacia-Geral da Polícia Judiciária Civil e ao Comando-Geral da Polícia Militar do Estado que reforcem a atuação integrada das forças de segurança no município. O Ministério Público concedeu prazo de cinco dias aos órgãos para que verifiquem a possibilidade de atendimento.

Conforme o promotor de Justiça Elton Oliveira Amaral, a medida visa combater atos criminosos no município. O membro do MPMT instaurou procedimento administrativo para acompanhar o reforço das instituições de segurança pública atuantes em Mirassol D’Oeste, considerando que, nos últimos meses, tem aumentado a prática de crimes com extrema violência na cidade. “Não há como cerrar os olhos para a crescente onda de criminalidade que vem vitimando e assombrando os cidadãos”, pontuou.

Elton Oliveira Amaral reforçou que, embora os acontecimentos estejam sendo investigados pelos órgãos responsáveis, tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil merecem reforços para a eficácia da atividade-fim. O promotor de Justiça argumentou que a “proximidade do Município com as fronteiras bolivianas revela a situação atrativa para o desenvolvimento do crime organizado”, e que “as festividades de fim de ano na região deságuam no aumento de circulação de meliantes e ações criminosas das mais diversas”.

Fonte: MP MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MPMT requisita reforço das polícias Civil e Militar em Mirassol D’Oeste
Continue lendo

CIDADES

CIDADES15 horas atrás

Inscrições para o Processo Seletivo da Prefeitura de Nobres se encerram hoje (01/12)

Processo Seletivo: comissão criada organiza e avalia evento que abre vagas ao serviço público municipal

CIDADES15 horas atrás

Prefeitura e Estado pagarão R$ 200 mil pelo Natal em Diamantino

Projeto de Natal foi apresentado pela prefeitura de Diamantino

CIDADES15 horas atrás

Policiais Militares em Jangada detém indivíduo com arma de fogo e munições pela Área Central Jangadense

Fonte: JangadaMT Na manhã desta terça-feira (30), Policiais Militares em Jangada realizavam rondas na área central da cidade, quando num...

CIDADES15 horas atrás

ACORIZAL: Diego Taques estreita relações política com o vizinho município de Jangada

Prefeito recebe visita do presidente da Câmara Municipal de Jangada

CIDADES1 dia atrás

Prefeito Alex e Presidente Amilson falam sobre fortalecimento da agricultura familiar de Rosário Oeste

O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto se reuniu com o Presidente da Câmara de Rosário Oeste na manhã desta...

CIDADES1 dia atrás

Prefeito Alex fala sobre os avanços da sua gestão durante o aniversário da Câmara de Rosário Oeste

Assessoria O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto fez parte da mesa de autoridades durante a solenidade de Comemoração do...

CIDADES1 dia atrás

ANIVERSÁRIO DA CÂMARA – Prefeito Alex Berto participou de evento que homenageou celebridades importantes de Rosário Oeste

Assessoria O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto participou na noite da última segunda-feira (29/11/2021) da sessão solene em alusão...

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: