conecte-se conosco


CIDADES

Motorista morre após caminhão ficar sem freio e capotar em Nova Olímpia

Dernival José de Carvalho, 56, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Publicados

em

JOÃO AGUIAR – Repórter MT

Dernival José de Carvalho, 56, morreu na madrugada desta terça-feira (26, depois de o caminhão que ele dirigia ficar sem freio, na Serra de Tapirapuã, em Nova Olímpia (207 km da Capital). Ele ficou preso às ferragens e não resistiu.

Conforme a Polícia Civil, Dernival dirigia um caminhão trator Scaria R-440, quando perdeu o freio, saiu da faixa e bateu na margem da pista contrária. Ele conseguiu voltar para a pista, mas o veículo acabou capotando.

Com o impacto do acidente, o homem ficou preso às ferragens e o caminhão ficou com as rodas para cima. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Dernival não resistiu e morreu ainda no local.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) também esteve no local do acidente e deu início às análises. O corpo do caminhoneiro foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para o exame de necropsia.

A Polícia Civil investiga o acidente.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dois são preso por tráfico de drogas em Diamantino
Propaganda

CIDADES

Dupla frente-fria e ciclone trazem frio e chuva de volta a Cuiabá

Os moradores da Baixada Cuiabana devem testemunhar uma queda expressiva na temperatura por volta da quinta-feira (18)

Publicados

em

Por

Estadão Mato Grosso

A chegada de duas novas frentes frias no Brasil, acompanhadas de mais um ciclone extratropical, deve trazer o frio de volta a Mato Grosso na próxima semana. Os moradores da Baixada Cuiabana devem testemunhar uma queda expressiva na temperatura por volta da quinta-feira (18), que pode chegar a arrepiantes 10°C na sexta-feira (19), além de trazer chuvas. A previsão é do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec).

Para se ter ideia de como a queda na temperatura será “agressiva”, a previsão para quarta-feira (17) é de mínima de 25°C e a máxima 39°C na capital. Já na quinta-feira, quando o frio começa a chegar, a temperatura mínima despenca para 15°C e a máxima para 35°C. A quinta-feira também deve ser marcada pela chuva na capital mato-grossense.

Na sexta, quando o frio realmente “aperta”, a mínima pode chegar a 10°C e a máxima não deve passar de 18°C. Em 48 horas, os cuiabanos vão experimentar uma queda de 21°C nas temperaturas máximas, atingidas nas horas mais quentes do dia.

Leia Também:  Operação do 7° BPM na Praça Central de Jangada detém indivíduos, apreende veículo e arma de fogo com munições.

Várzea Grande deve ter frio ainda mais intenso no final da próxima semana. Por lá, o último dia com alta nas temperaturas será na quarta-feira (17), quando a mínima deve ser de 25°C e a máxima de 38°C. Já na quinta-feira a mínima deve cair para 15°C e a máxima pode chegar a 35°C. Assim como na capital, a chuva deve cair forte nesse dia.

Na sexta, o frio chega por lá derrubando a mínima para 11°C e limitando as horas mais quentes do dia para apenas 16°C.

O ciclone irá se formar no sul do Brasil na quarta-feira e joga as duas ondas frio para o resto do Brasil ao longo das horas e dos dias.

CUIDADOS COM A SAÚDE

Mudanças bruscas na temperatura podem ser o gatilho para vários problemas de saúde e são prejudiciais para pessoas que sofrem de doenças respiratórias, como bronquite e rinite. Com essas variações de temperatura, doenças como gripe, pneumonia e alergias encontram mais facilidade para se proliferar na população.

Veja uma representação gráfica das ondas de frio que estão chegando e como elas vão se espalhar pelo Brasil.

 

Leia Também:  NOBRES: Homem é preso com arma de fogo adaptada no bairro Serragem

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: