conecte-se conosco


CIDADES

Membros de facção praticam zoofilia durante invasão e furto em fazenda

Publicados

em

Click Nova Olímpia

Um fazendeiro de 57 anos, que não teve sua identidade divulgada, procurou a Polícia Judiciária Civil para denunciar que sua propriedade rural, no município de Sorriso (a 397 km de Cuiabá), tem sido alvo de bandidos. Segundo ele, os suspeitos já mataram e furtaram uma bezerra e constantemente invadem o local para abusar sexualmente dos animais. Os homens seriam membros de facção criminosa.

De acordo com informações da Polícia Civil, a denúncia foi feita por volta das 8h37 desta segunda-feira (19) no município de Sorriso. A vítima procurou a PJC e relatou que tem cerca de 19 cabeças de gado em sua propriedade rural localizada no Bairro Santa Maria, e que na madrugada de ontem (19) suspeitos mataram e furtaram uma de suas bezerras. Ele disse que encontrou o curral sujo de sangue e não viu outros vestígios do animal.

Ele ainda afirmou que a propriedade rural vem sendo invadida constantemente e seus animais são molestados e furtados. Segundo ele os suspeitos são usuários de drogas e dizem integrar uma associação criminosa. Eles invadem a propriedade amarram as bezerras e éguas e fazem sexo com os animais. Além disso o denunciante disse que quando são impedidos de cometerem o ato criminoso eles se vingam colocando fogo no pasto ou matando o animal. A Delegacia de Polícia ainda investiga o crime.

Leia Também:  Durante abordagem policial, PRF em Rondonópolis encontra líderes de organização criminosa foragidos da justiça

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Falta de certidões impede Acorizal de receber recursos

Inadimplência pode fazer com que salários não sejam pagos em Acorizal

Publicados

em

Por

Por Folhamax

O município de Acorizal enfrenta sérias dificuldades devido à falta de certidões que impossibilitam o recebimento de emendas parlamentares e repasses federais. Porém, se engana quem pensa que essa situação atinge apenas a Prefeitura.

O Legislativo do município encontra-se com a mesma pendência, sem poder receber repasses do duodécimo por falta de certidão, graças à ineficiência do antigo presidente da Casa, Diego Taques (PSD), que durante seu mandato à frente da Mesa Diretora da Câmara, não prestou contas da DCTF (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) à Receita Federal do ano de 2019, o que fez com que o CNPJ ficasse inapto. A pendência vem sendo solucionada pela atual gestão da Câmara, que vem prestando as informações e declarou que em um prazo de 24 horas o CNPJ novamente estará ativo e poderá receber o repasse e fazer o pagamento da folha salarial dos funcionários, que penam pela falta de capacidade administrativa do antigo gestor Diego Taques, que hoje disputa a eleição suplementar para prefeito de Acorizal.

Leia Também:  PRF apreende carro de receptação e documento falso em Rondonópolis/MT

Nos corredores da Câmara Municipal, os servidores se encontram revoltados, com a ameaça de não recebimento de seus salários com o não repasse do duodécimo. O ex-prefeito Meraldo Sá, que atua como “por voz” da campanha de Diego, chegou a gravar vídeos em redes sociais para dizer que vai regularizar as certidões pendentes.

Porém, a promessa vem causando estranheza junto ao eleitorado, sabedor que essa situação que vem impedindo um maior desenvolvimento do município se deve, exatamente, a esses ex-gestores, que deixaram de prestar informações aos órgãos de controle, levantando suspeita de objetivos não republicanos, devido à falta de transparência.

OUTRO LADO

O ex-prefeito Meraldo Sá explicou que deixou a prefeitura há mais de 10 anos. Recorda que neste período executou 380 obras investindo R$ 50 milhões.

Segundo ele, a atual gestão de Benna Lemes (DEM) tem sido “incompetente” e tenta transferir responsabilidade. Ele explica que o prefeito inchou a folha salarial e, por isso, está dando desculpa para não quitar os salários.

Leia Também:  PM encontra garimpo ilegal e encaminha sete homens à Delegacia em Novo Mundo

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA