conecte-se conosco


Esportes

Mais de 70% dos brasileiros acreditam na conquista do Hexa no Catar

A pesquisa ouviu mil torcedores durante cinco meses.

Publicados

em

Daniel Guimarães | Estadão Mato Grosso

A Copa do Mundo está se aproximando e, com isso, as expectativas dos torcedores brasileiros aumentam para o sonho de ver a conquista do Hexa neste ano. Pesquisa realizada pela Apoema, uma agência especializada em pesquisas humanizadas, mostra que os brasileiros estão confiantes no título: 71% deles acreditam que os jogadores vão trazer a taça para casa. O Mundial será realizado no Catar entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro.

Para entender esta paixão do torcedor brasileiro que se reacende em ano de Copa, a fundadora e head de conteúdo da Apoema, Julia Ades, comentou em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo sobre a conexão que a torcida cria com a seleção neste período.

“Foi legal entender qual o significado do ‘torcer’ para essas pessoas. Elas estabelecem uma conexão com a seleção e a torcida é uma forma de elas se sentirem conectadas com os jogadores, como se estivessem jogando junto”, disse.

A pesquisa ouviu mil torcedores durante cinco meses. O levantamento aponta que 55% dos torcedores da seleção canarinho nunca foram ao estádio, mas sonham em viajar para o Oriente Médio e acompanhar o Brasil nos jogos.

Leia Também:  Transexuais podem alterar nome e gênero nos cartórios de MT sem ação judicial

A torcida brasileira também se mostra fiel à equipe, com 62% dos entrevistados relatando que sempre acompanharam e vão continuar acompanhando a seleção, seja qual for a competição.

Um dado curioso apontado pela pesquisa é que 48% dos torcedores se sentem distantes da equipe nacional, por ela ser formada, em sua maioria, por jogadores que atuam no futebol europeu. Na última convocação, apenas dois jogadores que atuam no futebol nacional foram convocados pelo técnico Tite: Weverton, goleiro do Palmeiras, e Guilherme Arana, lateral do Atlético-MG.

COPA DENTRO DE CASA

A pesquisa aponta que a maior parte dos torcedores gosta de assistir os jogos em casa. Entre os entrevistados, 91% afirmaram que curtem acompanhar os jogos no conforto de sua casa e 29% admitiram que organizam ela a casa para deixá-la mais confortável para assistir às partidas.

A influência familiar também conta bastante para os torcedores: 42% afirmaram que sua relação com a seleção canarinho foi construída a partir da convivência com seus familiares e outros 32% dizem que gostam de reunir a família durante a Copa.

Leia Também:  Flamengo se reapresenta nesta segunda-feira e inicia preparação para enfrentar o Bragantino

A CAMPANHA

Pentacampeã mundial, a seleção conseguiu sua classificação para a Copa do Catar em uma campanha invicta nas Eliminatórias Sul-americanas. A equipe disputou 17 partidas, venceu 14 e empatou apenas 3.

No sorteio da fase de grupos, o Brasil caiu no grupo G e enfrentará Suíça, Sérvia e Camarões na primeira fase da competição. Apenas duas dessas equipes vão avançar para às oitavas de final.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Furacão faz gol aos 50 minutos do segundo tempo e está nas semifinais da Libertadores

Publicados

em

Por

O Athletico está de volta para a semifinal da Libertadores após 17 anos. Mesmo com toda a pressão sofrida, o Rubro-Negro derrotou o Estudiantes por 1 a 0 e segue em busca do título inédito. O gol da vitória saiu com o jovem Vitor Roque, que saiu do banco de reservas e marcou nos acréscimos do segundo tempo.

O Furacão adotou uma postura mais conservadora, sofreu com a pressão do Estudiantes, mas contou novamente com a estrela de Vitor Roque. O atacante de 17 anos ganhou a dividida com o goleiro Andújar e se tornou o herói.

Em busca da vaga na final, o Furacão tem confronto brasileiro com o Palmeiras, que eliminou o Atlético-MG nas quartas. A ida acontece no dia 30 de agosto, na Arena da Baixada, em Curitiba, e a volta ocorre em 06 de setembro, no Allianz Parque, em São Paulo.

O primeiro tempo foi bastante truncado, mas com as melhores chances para o Estudiantes. Aos seis minutos, Godoy foi acionado em profundidade e cruzou para Castro, que chutou mascado à esquerda do gol. O Athletico só apareceu com perigo aos 16, quando Khellven cobrou falta na área, ninguém desviou a bola e Andújar espalmou de soco.

Na reta final, os argentinos levaram perigo para a defesa rubro-negra em duas oportunidades. Aos 32, Leandro Díaz fez embaixadinha e levantou na segunda trave. Após bate e rebate, Rogel chutou de primeira e a bola passou muito perto. E aos 43, Zuqui cobrou falta, Morel desviou por baixo e Bento espalmou para frente.

Leia Também:  Flamengo se reapresenta nesta segunda-feira e inicia preparação para enfrentar o Bragantino

O Furacão voltou para o segundo tempo sem mudanças, mas com uma postura diferente. Tomás Cuello, aos seis minutos, pegou a sobra da cobrança de escanteio e chutou perto do gol. Pouco tempo depois, o técnico Felipão mexeu duas vezes no ataque: Vitor Roque e Rômulo entraram nos lugares de Canobbio e Pablo.

As mudanças não impediram o Estudiantes de iniciar uma pressão em cima de defesa rubro-negra. O gol do time argentino até chegou sair aos 17 minutos, com o zagueiro Lollo, que pegou a sobra dentro da área e marcou. Entretanto, o árbitro anulou por impedimento de Morel, que estava na frente de Bento.

Depois do gol anulado, o jogo ficou ainda mais nervoso, mas com o Estudiantes mais próximo da área do Athletico. Os argentinos tiveram mais duas chances de marcar já nos minutos finais. Aos 44, Morel chutou rasteiro e Bento fez difícil defesa. No lance seguinte, Méndez recebeu passe nas costas da defesa, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou raspando na trave.

Leia Também:  Santos FC empate com o Novorizontino na Vila Belmiro

Quando muita gente já imaginava que a partida iria para os pênaltis, o Furacão foi para o ataque e marcou o gol da classificação. Aos 50 minutos, Vitinho recebeu na ponta esquerda e cruzou para o meio da área. Vitor Roque dividiu com o goleiro Andújar e mandou para o fundo da rede. O jogo ficou parado por mais de cinco minutos, mas o VAR confirmou.

FICHA TÉCNICA – ESTUDIANTES 0X1 ATHLETICO

Data, horário e local: quinta-feira (11.08), às 21h30, no estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata.

Estudiantes: Andújar; Godoy (Boselli), Rogel, Morel, Lollo e Mas; Castro, Rodríguez (Paz) e Zuqui; Piatti (Rollheiser) e Díaz (Méndez).

Técnico: Ricardo Zielinski.

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Hugo Moura, Fernandinho (Erick) e Alex Santana (David Terans); Canobbio (Vitor Roque), Pablo (Rômulo) e Tomás Cuello (Vitinho).

Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gol: Vitor Roque (CAP), aos 50′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Pedro Henrique, Pablo, Canobbio e Alex Santana (CAP); Díaz, Andújar, Zuqui e Godoy (EST).

Arbitragem: Andrés Matonte (URU), auxiliado por Nicolas Tarán (URU) e Martin Soppi (URU).

O VAR: Andrés Cunha (URU), com assistência de Gustavo Tejera (URU).

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: