conecte-se conosco


Geral

Lojas do McDonald’s reabrem com novo nome na Rússia

Grupo anunciou saída do país, após 30 anos, por causa de conflito na Ucrânia. Restaurantes foram rebatizados de ‘Vkousno i tochka’ (‘Delicioso. Ponto Final’) e russos fizeram fila na abertura.

Publicados

em

G1

“O nome muda, mas o amor permanece”: este é o lema com que as antigas unidades do McDonald’s reabriram neste domingo (12) na Rússia, agora como marca local, depois que a rede americana deixou o país devido ao conflito na Ucrânia.

Os antigos restaurantes do grupo, que anunciou sua saída do país depois de mais de 30 anos de presença, foram rebatizados de “Vkousno i tochka” (“Delicioso. Ponto Final”, na tradução para o português) por seu novo proprietário russo.

O logotipo amarelo característico foi substituído por duas listras estilizadas de cor laranja, que representam duas batatas fritas, acompanhadas de um ponto vermelho.

“Tentamos fazer de tudo para que nossos clientes não percebam nenhuma diferença, nem no ambiente, nem no sabor, nem na qualidade”, disse o CEO do grupo que assumiu o comando da rede, Oleg Paroyev.

O novo proprietário da rede de fast food na Rússia, o empresário Alexander Govor, diz que os mais de 50 mil ex-funcionários do McDonald’s em todo país conservarão seus empregos. Ele também prometeu que o sabor dos produtos não mudará e que trabalhará para melhorar a rede.

Leia Também:  Prime Burger Grill vai fazer o Reveillon sem interditar a rua

“Esperamos que o número de clientes não diminua, e sim que aumente. Ainda mais agora que é uma empresa totalmente russa”, declarou Govor.

“Estou muito orgulhoso de ter recebido a honra de desenvolver esta empresa. Sou ambicioso e planejo não apenas reabrir os 850 restaurantes, como também desenvolver outros novos”, disse.

Alexander Govor, de 62 anos, operava, sob a franquia McDonald’s, 25 restaurantes em várias cidades da Sibéria desde 2015. Ele alcançou um acordo de compra do negócio em 19 de maio, três dias após o McDonald’s anunciar a saída do mercado russo.

A rede de fast food estava no país há mais de 30 anos e foi uma das primeiras janelas que a Rússia, ainda como União Soviética, teve para o mundo ocidental.

Por este motivo era uma marca muito popular: o país representava cerca de 9% do faturamento do grupo americano.

Fila na porta

O primeiro restaurante sob propriedade russa abriu as portas ao meio-dia (6h em Brasília) deste domingo, na Praça Pushkin, em Moscou, com direito a fila na porta.

Leia Também:  Gato surgia com muito dinheiro todos os dias, todos ficaram chocados quando descobriram de onde veio

Este é o ponto histórico onde foi inaugurado o primeiro McDonald’s da Rússia, com filas quilométricas, em janeiro de 1990, pouco menos de dois anos antes do colapso da União Soviética.

Quinze pontos de venda da rede abrem neste domingo na capital russa. Nesta segunda (13), devem reabrir mais 50 lojas e, em breve, a rede espera retomar as atividades de 50 a 100 restaurantes por semana em todo o país.

Paroyev disse que a empresa teve que retirar do cardápio alguns itens com referência direta ao McDonald’s, como o McFlurry e o Big Mac. A embalagem se tornou neutra, pois nenhum item pode fazer referência ao grupo McDonald’s.

Paroyev disse que os preços dos hambúrgueres serão um pouco mais elevados que os da rede americana devido à inflação na Rússia, mas garantiu que continuarão “acessíveis”.

O prefeito de Moscou, Serguei Sobianin, visitou a lanchonete emblemática durante a manhã e anunciou, no aplicativo de mensagens Telegram, que “a qualidade do serviço continuará sendo a mesma”.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Chegada do inverno aumenta risco de AVC

Conheça os sintomas e entenda porquê o socorro imediato é crucial na diminuição de sequelas permanentes

Publicados

em

Por

Camila Crepaldi – UNIC

Popularmente conhecido como derrame, o Acidente Vascular Cerebral se caracteriza por alteração do fluxo sanguíneo no cérebro, o que resulta na falta de oxigênio e nutrientes.

Segundo a Organização Mundial de AVC, 70 mil brasileiros morrem de AVC todos os anos. As doenças cerebrovasculares são as que mais matam e o AVC fica atrás apenas do infarto nesse ranking, sendo a principal causa de incapacidade em adultos. rr

E por que será que a incidência de tal enfermidade é maior no frio? Médica neurologista e professora do curso de Medicina da Unic, Bianca Araldi, conta porquê nesse período é preciso estar mais atento a possíveis sintomas. “Para manter a temperatura corpórea, os vasos reduzem seu calibre para evitar a perda de calor; ação essa que aumenta a pressão arterial sistêmica. Deve-se considerar que nesse período, o consumo de água é menor então a tendência a ter uma desidratação é maior, deixando o sangue mais viscoso. Sendo assim, a somatória do sangue mais viscoso e da vasoconstrição, facilita o deslocamento de placas de gordura pelo corpo, aumentando o risco de isquemia cardíaca ou cerebral”, explica a especialista.

Leia Também:  Cédulas de real podem valer de R$ 300 a R$ 8.000

Manifestado de duas maneiras – isquêmica ou hemorrágica, o AVC merece atenção quanto aos sintomas para que se identifique rapidamente, uma vez que o tratamento deve ser imediato.

No AVC isquêmico os vasos do cérebro se estreitam ou são bloqueados, o que gera interrupção do fluxo sanguíneo (isquemia). Ocorre, em geral, em pessoas mais velhas, com diabetes, colesterol elevado, hipertensão arterial, problemas vasculares e fumantes. Os sintomas normalmente são: perda repentina da força muscular de um lado do corpo, ou da visão; dormência na face, braço ou perna de um lado do corpo; dificuldade de comunicação oral (fala arrastada) e de compreensão; tonturas; formigamento num dos lados do corpo

No AVC hemorrágico a especialista destaca que ocorre sangramento em uma parte do cérebro em consequência ao rompimento de um vaso sanguíneo. Nesse caso, deve-se ficar atento a qualquer sinal de aumento da pressão intracraniana; dor de cabeça forte e repentina acompanhada de vômitos; e déficits neurológicos semelhantes aos provocados pelo acidente vascular isquêmico.

A neurologista destaca que cultivar hábitos saudáveis é um caminho para driblar os riscos de AVC. “Há os chamados riscos modificáveis, que são aqueles cuja identificação, intervenção e tratamento podem evitar o primeiro evento cerebrovascular ou reduzir a recorrência. Hipertensão, colesterol alto, diabetes, sobrepeso, sedentarismo, tabagismo e consumo exacerbado de álcool, estão na lista de agravantes”, alerta.

Leia Também:  Gato surgia com muito dinheiro todos os dias, todos ficaram chocados quando descobriram de onde veio

Ao identificar os sintomas, o que fazer?

“A primeira informação importante é que o tempo entre os primeiros sintomas até o atendimento do paciente é crucial para evitar sequelas mais graves”, enfatiza Bianca ao orientar que a vítima seja levada imediatamente a um hospital com serviço de neurologia.

No Brasil, o atendimento nos hospitais ocorre com a realização imediata de uma tomografia computadorizada de crânio e a administração de um medicamento específico, quando indicado, para reduzir ou até evitar sequelas permanentes seguido de diversos exames. O trombolítico dado na fase inicial dos sintomas, quando indicado, apresenta boa eficácia levando a melhoria do paciente em boa parte dos casos. Atualmente a medicina já dispõe de recursos bem eficazes para enfrentar os AVCs, principalmente os isquêmicos, que representam cerca de 85% dos casos identificados nas unidades de saúde.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

CIDADES5 horas atrás

Ciclista de 70 anos morre atropelado na Estrada da Guia

Veículo Fiat Toro trafegava na via quando o ciclista cruzou a rodovia, sendo atingido pelo veículo que não conseguiu evitar...

CIDADES5 horas atrás

Homem embriagado bate em viatura da polícia e tenta tirar a vida na delegacia

Após bater na viatura, o homem perdeu o controle do veículo e bateu em um muro de uma residência.

CIDADES5 horas atrás

Municípios de MT retomam uso obrigatório de máscaras de proteção em locais fechados

Os municípios de Rondolândia e Poconé, por exemplo, publicaram um novo decreto obrigando novamente o uso da proteção.

CIDADES5 horas atrás

Prefeitura de Nobres adquire mais três veículos dentro do processo de renovação da frota

Assessoria A administração municipal de Nobres acaba de adquirir mais três veículos, da marca Fiat, que foram já foram entregues...

CIDADES12 horas atrás

Homem passa mal em casa e morre de infarto no hospital em Nobres

Noticias Nobre Antônio Machado de 67 anos de idade morador do Centro de Nobres veio a óbito no começo da...

CIDADES1 dia atrás

Polícia Civil prende mulher após furtar dinheiro de idoso em Diamantino

Uma mulher que furtou R$ 500 de um idoso em Diamantino (208 km a médio norte de Cuiabá), foi presa...

CIDADES1 dia atrás

Jovem arromba loja de roupas e acaba preso em flagrante pela PM em Nova Mutum

Redação e fotos de Djeferson Kronbauer – Powermix A Polícia Militar prendeu na madrugada desta terça-feira (05), por volta das...

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: