conecte-se conosco


POLICIAL

Jovem desaparecida há 36 horas é encontrada morta em meio a plantação de soja em São José do Rio Claro/MT

Ela estava em meio a soja, a poucos metros de onde teria acontecido a festa clandestina.

Publicados

em

Foto: Divulgação

A jovem Letícia Silva de 18 anos que seguia desaparecida desde o dia 31 de dezembro do ano passado, foi localizada na noite deste sábado (02), morta com golpes de faca, possivelmente teria sofrido abuso sexual, mas só a perícia dirá se realmente houve. A jovem foi encontrada com várias perfurações de arma branca (faca) pelo corpo.

Letícia era moradora de Tangará da Serra/MT e estava em José do Rio Claro a passeio.

Na virada do ano vítima havia ido a uma festa clandestina em uma região afastada da cidade, a última imagem de Letícia foi registrada na sexta-feira (01), por volta das 04h00, por câmeras de segurança de um estabelecimento comercial, quando Letícia estava em uma motocicleta em companhia de um homem.

Depois da última imagem ninguém teve mais notícias da Letícia, ouve um apelo grande em Mato Grosso para tentar localizar a jovem, um helicóptero do Ciopaer ajudou nas buscas na tarde deste sábado (2).

Pessoas que passavam pela região localizaram o corpo e ligaram para a polícia, ela estava em meio a soja, a poucos metros de onde teria acontecido a festa clandestina.

Leia Também:  7° Batalhão da PM localiza moto furtada em Rosário Oeste

Durante depoimento das pessoas que tiveram último contato com a garota, houve várias contradições e mudanças no que foi dito.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica POLITEC, foi acionada para fazer a perícia no local.

Fonte: Power Mix com Terra MT Digital

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil apreende 18 tabletes de diversos entorpecentes em residência e prende um suspeito em flagrante

Publicados

em

Por

A Polícia Civil apreendeu nesta quinta-feira (29.06), em Colniza, na região noroeste de Mato Grosso, 18 tabletes de entorpecentes em uma residência da cidade. Um suspeito , de 42 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

A equipe da Delegacia de Colniza estava em diligências para apurar informações sobre o tráfico de drogas no município, quando os policiais abordaram uma pessoa que estava em um veículo com as mesmas características do alvo da investigação. Ao ser abordado, o suspeito ficou visivelmente nervoso e, inicialmente, não quis se identificar.

Após entrevista com a equipe, o suspeito forneceu seu nome e ao fazer a checagem foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão em aberto pela Justiça de Mato Grosso do Sul, onde responde a processo pelo crime de estupro de vulnerável na Comarca de Campo Grande.

Em revista à residência do suspeito foram encontrados 11 quilos de maconha, um quilo de pasta base e um quilo de cocaína. O material foi encaminhado para unidade policial, onde o suspeito foi autuado em flagrante pelo delegado Bruno França pelo crime de tráfico de drogas e teve o mandado de prisão formalizado.

Leia Também:  NOBRES: Mulher é encontrada sem calcinha e polícia suspeita de abuso sexual

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: