conecte-se conosco


POLICIAL

Investigação identifica adolescente que acessou conta de idoso e deu golpe de R$ 18 mil

Publicados

em

A Delegacia da Polícia Civil em Alto Araguaia identificou um adoelscente que acessou o celular e a conta bancária de um idoso e fez transferências via Pix, causando um prejuízo de aproximadamente 18 mil reais à vítima.

A vítima de 68 anos procurou a Delegacia de Alto Araguaia e alegou que sua conta bancária teria sido invadida e diversos pagamentos realizados via PIX, sem sua autorização. Foram constatadas 13 operações, chegando a um montante de aproximadamente 18 mil reais.

Diante dessa informação, a equipe de investigação, com o auxílio do Núcleo de Inteligência, realizou diligências e identificou que um adolescente teria, aproveitando-se da confiança do idoso, acessou o celular da vítima e realizou as transferências. A equipe policial apurou também o envolvimento de outras pessoas que receberam os valores transferidos em suas contas e, posteriormente, adquiriram produtos a mando do adolescente.

Foram apreendidas uma bicicleta, um monitor de computador, tênis, equipamentos de informática e um celular. Alguns produtos foram adquiridos via internet e ainda não foram entregues.

As pessoas envolvidas foram ouvidas e confessaram que receberam aproximadamente R$ 14 mil, via PIX, provenientes da conta da vítima. O adolescente alegou que se tratava de um acerto de contas por serviços realizados na fazenda da vítima. O menor também fez outras transferências para, segundo ele, adquirir créditos de jogo on-line.

Leia Também:  Motociclista fica ferido após se envolver em acidente no centro de Tangará

Do total transferido, foram recuperados para a conta da vítima aproximadamente 4 mil reais. Os produtos apreendidos serão devolvidos para as respectivas empresas e os valores pago devolvidos a vítima.

As investigações serão aprofundadas e os envolvidos poderão responder por estelionato, associação criminosa, corrupção de menor. O adolescente também poderá responder por crimes análogos, na legislação aplicável.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil cumpre prisões contra pai e dois filhos procurados pelo Estado do Alagoas por homicídio

Publicados

em

Por

Um pai e dois filhos foragidos do Estado do Alagoas pelo crime de homicídio, foram presos pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (30.06), no município de Barra do Bugres (167 km a médio norte de Cuiabá).

Os três procurados foram presos pela equipe do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Tangará da Serra, em cumprimento de três mandados de prisões preventivas decretados pela Justiça da Comarca de Atalaia (AL).

O crime ocorreu em dezembro de 2012, no Assentamento São Luiz, Povoado Ouricuri, zona rural da cidade de Atalaia, no Alagoas. A vítima era ex-genro e ex-cunhado, respectivamente, dos envolvidos, e foi morta por disparo de arma de fogo e golpes de facão.

As diligências iniciaram após a Delegacia Regional de Tangará da Serra ser acionada pelo Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas, para dar apoio na apuração do possível padeiro dos suspeitos na região. 

Diante das informações repassadas, os policiais civis do NI de Tangará da Serra conseguiram localizar os integrantes da família em uma residência no bairro Alvorecer, na cidade de Barra do Bugres.

Leia Também:  Força-Tarefa de Segurança Pública prende Conselheiro de organização criminosa que fornecia armas e drogas para facções do Rio de Janeiro

O pai, com 68 anos hoje, e os filhos com 29 e 27 anos, foram conduzidos até a delegacia para as providências em cumprimento das prisões. Em seguida eles foram levados para Cadeia Pública de Barra do Bugres à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: