conecte-se conosco


CIDADES

Homem usa redes sociais para aplicar golpes e acaba preso pela Polícia Militar em Barra do Bugres-MT

Publicados

em

Homem usa redes sociais para aplicar golpes e acaba preso pela Polícia Militar em Barra do Bugres-MT

A Polícia Militar efetuou a prisão de um homem acusado de aplicar golpes por meio de suas redes sociais. De acordo com as informações que constam no boletim da ocorrência, uma denúncia levou a polícia até o indivíduo. O crime aconteceu em Barra do Bugres.

“Na tarde desta quarta-feira a Polícia Militar recebeu uma denúncia da ocorrência de um golpe praticado por um indivíduo residente em Barra do Bugres, fato ocorrido na segunda-feira, relatou a vítima que as negociações se iniciaram por meio da rede social Facebook e WhatsApp”, informou o boletim.

O documento revela ainda que a vítima teria realizado dois depósitos em contas diferentes, somando o total de R$3.300 para segurar um veículo que estaria sendo comercializado pelo acusado. Após a efetivação dos depósitos, a vítima não conseguiu mais contactar o acusado.

Diante da denúncia, foram realizadas diligências e a PM obteve sucesso em localizar e realizar a detenção do suspeito, encaminhando-o à Delegacia de Polícia Judiciária Civil para providências.

Fonte: Tangará em Foco

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Homem é preso por ameaçar ex-companheira e Polícia Civil apreende sete armas de fogo
Propaganda

CIDADES

Sorriso: Jovem é ameaçado e perde quase R$ 3 mil após trocar mensagem com mulher casada

Publicados

em

Por

Terra MT Digital

Um jovem, de 19 anos, procurou delegacia para relatar que pode ter caído em um golpe após receber uma solicitação de amizade no Facebook, de uma mulher e depois ser ameaçado por dois homens, que entraram em contato via whatsapp.

Segundo o jovem, ele aceitou o pedido de amizade da suposta mulher e começaram a conversar.

Ele passou o número do WhatsApp e depois que estavam conversando e a conversa estava “caliente, dois homens entraram em contato com o jovem por números diferentes pelo WhatsApp, dizendo que o jovem estava mexendo com mulher casada e que seus colegas iriam pegá-lo, que eles eram faccionados e que queriam resolver logo o problema, então pediram uma quantia de R$3000, pra deixar o jovem sem problemas com o esposo da mulher.

O jovem, com medo, realizou cinco transferência no total uma no valor de R$ 1000, cinco no valor de R$ 500 e uma no valor de R$311 totalizando R$2811.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dono de conveniência é preso por desacato em Nobres
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: