conecte-se conosco


CIDADES

NORTELÂNDIA: Homem é condenado a mais de 16 anos de prisão por estuprar sobrinha

A vítima, de 12 anos à época dos fatos, estava passando férias na casa da tia quando foi atacada; após o caso, a menina passou a ter um comportamento depressivo, chegando, inclusive, a se automutilar

Publicados

em

A Justiça Estadual condenou, na última sexta-feira (12), um homem a 16 anos e seis meses de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. A vítima é a sobrinha dele, de 12 anos à época dos acontecimentos, que passava uns dias de férias na casa da tia e do agressor quando foi atacada. O caso ocorreu no município de Nortelândia (250 km de Cuiabá-MT).

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, o caso ocorreu em 2018. O pai, a mãe e o padrasto da adolescente descobriram o que estava acontecendo depois que percebeu uma mudança no comportamento da menor, que chorava repentinamente e ficava agressiva quando estava próxima de outros homens.

Os familiares também notaram a diferença por meio das publicações da menina nas redes sociais. Os parentes disseram que a jovem postava mensagens e vídeos de pessoas se suicidando e se automutilando, indicando sinais de depressão.

Ao ser questionada pela mãe, a vítima revelou que foi estuprada no período em que passou com os tios. Segundo o relato, o agressor se aproveitava do momento em que a esposa saía para trabalhar – entre 3h e 15h – para abusar da adolescente.

Leia Também:  Rogério Meira é eleito prefeito de Jangada com 9 votos de diferença para o ex-prefeito Gauchinho

A jovem contou que, por duas vezes, foi atacada enquanto dormia. O suspeito foi até o quarto dela e tentando segurá-la para manter relações sexuais, mas a vítima conseguiu se desvencilhar e impediu a ação. Conforme a garota, o homem oferecia um celular e outros presentes em troca de sexo.

Porém, na terceira tentativa, o suspeito invadiu o cômodo da sobrinha, usou de mais força para prender os braços e as pernas da menor para consumar a penetração e só parou depois que ejaculou da menor. A jovem contou que, depois de ser molestada, o agressor não tentou mais nada.

A menor foi submetida a um exame de corpo delito, que comprovou a ruptura himenal, que caracteriza o estupro. O laudo técnico também constatou que a vítima possuía diversas lesões e cicatrizes nos braços e em outras partes do corpo oriundas de automutilação.

O réu negou o crime, mas o juiz Victor Lima Pinto Coelho, da Comarca de Nortelândia, entendeu que o suspeito não apresentou elementos que comprovasse que a adolescente inventou os fatos narrados e fundamentou a sua decisão com base no resultado dos exames e na coesão dos depoimentos da vítima e testemunhas.

Leia Também:  NOBRES: Jovem é assassinado com vários tiros em bar no Jardim Petrópolis

O magistrado indeferiu o pedido da defesa para que o agressor recorresse em liberdade e determinou que o réu cumpra a pena em regime fechado.

Fonte: CircuitoMT

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Homem foi preso com arma na comunidade de Cedral em Rosário Oeste

Suspeito de 45 anos foi detido com arma e munições após dizer para a polícia que iria caçar

Publicados

em

Por

Por Página 1

No último dia 29/06/2022, por volta das 16 horas, policiais da Patrulha Rural Georreferenciada do 7º BPM de Rosário Oeste faziam rondas pela comunidade do Cedral quando avistaram uma pessoa do sexo masculino transitando em uma motocicleta pela estrada principal daquela comunidade rural e ao perceber a aproximação da viatura de polícia demonstrou certo nervosismo.

O veículo foi parado pelos policias e durante a busca na mochila do condutor foi encontrado uma arma de fogo tipo espingarda calibre 32, 02 ( duas ) munições intactas e alguns pertences.

O homem disse aos militares que estaria indo caçar, mas ao ser indagado sobre o documento de registro da referida arma o mesmo respondeu que não possuía.

O Homem de 45 anos, identificado pelas iniciais B.T.A.C. foi detido e encaminhado para a Delegacia junto com a arma e as munições que foram apreendidas.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Acorizal, a PM local atua em desentendimento de casal e apreende arma de fogo e munições.
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: