conecte-se conosco


MATO GROSSO

Galeria Lava Pés recebe exposição com obras que homenageiam Frida Kahlo

Publicados

em

Com obras que homenageiam e contam um pouco da história da icônica artista Frida Kahlo, a Galeria de Artes Lava Pés recebe nesta sexta-feira (24.06), às 19h, a exposição ‘Eu Frida, Todas Frida’. A mostra reúne obras plásticas e uma instalação da artista plástica mato-grossense Meg Marinho, uma admiradora apaixonada pela representação artística e trajetória de vida da pintora mexicana.

A exposição ‘Eu Frida, Todas Frida’ apresenta 50 pinturas feitas nos últimos cinco anos pela artista Meg Marinho, que se inspira na história e obra de Frida Kahlo para criar versões da mexicana. Entre as obras, o público poderá encontrar diferentes interpretações de Fridas, retratadas como Mariele, Maria Taquara, uma gueixa, uma cigana, no Cerrado e outras inspirações.  

A mostra também traz trajes que mostram o estilo único de vestir da pintora, um filme biográfico e fotografias de Frida Kahlo cedidas de outra exposição que circulou no Brasil. Também conta com uma instalação que reproduz o sentimento da artista no período em que ficou acamada após um trágico acidente.

Leia Também:  Gefron entrega 51 medalhas de Mérito Policial de Fronteira nesta segunda-feira (11)

“Me sinto realizada com essa exposição. Sinto que tenho uma ligação de alma com a Frida. As obras trazem a Frida que carrego comigo e todas as possíveis versões que a vejo. Frida Kahlo para mim é um exemplo de força e determinação, e este é um convite para todos que queiram conhecer um pouco da história e o trabalho dessa artista sensível e genial”, comenta Meg Marinho.

Meg Marinho é natural de Mato Grosso do Sul, mas mora em Cuiabá desde os sete anos de idade. Começou a pintar aos 12 anos, foi aluna de Dalva de Barros e já participou de várias exposições. Ela é pós graduada em Arte e Cultura, e hoje dedica seu tempo ao ateliê Casa de Arteira, localizado em Chapada dos Guimarães.

Serviço

Exposição ‘Eu Frida, Todas Frida’

Local: Galeria de Artes Lava Pés, localizada no prédio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Endereço: Rua José Monteiro Figueiredo, 510, Duque de Caxias, Cuiabá.

Abertura: Sexta-feira (24.06), às 19h

Leia Também:  Governador inaugura obras e assina mais de R$ 260 milhões beneficiando a região de Paranatinga, Gaúcha do Norte e Santa Rita do Trivelato

Visitação: 27 a 29 de julho, de segunda a sexta-feira. Horário: 8h às 12h e 14h às 18h

Entrada: Gratuita

Mais informações: (65) 99266-3699 – Meg Marinho

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Estado vai pagar até R$ 50 mil de recompensa a quem der informações sobre crimes em MT

O dinheiro vai para quem colaborar de forma anônima ou não, e será pago pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp).

Publicados

em

Por

G1 MT

Um decreto assinado pelo governador Mauro Mendes (União Brasil) regulamenta o pagamento de recompensa a quem der informações que possam ajudam em investigações criminais em Mato Grosso. O valor máximo a ser pago é de R$ 50 mil. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado que circula nesta sexta-feira (1º). O texto já está em vigor.

O dinheiro vai para quem colaborar de forma anônima ou não, e será pago pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp).

As informações constam do decreto que regulamenta a aplicação da lei de janeiro de 2020, de autoria do deputado estadual Silvio Fávero, que morreu no ano passado, vítima de covid-19.

“Considera-se pagamento de recompensa a retribuição sob forma de pecúnia, em espécie, havendo reserva orçamentária para esse fim, pelo oferecimento de informações que sejam úteis, concretas e capazes de auxiliar as instituições de segurança pública na prevenção, repressão ou apuração de crimes ou ilícitos administrativos, bem como na prisão de infratores da lei foragidos”, diz trecho do decreto.

Os valores a serem pagos serão determinados pela Comissão de Pagamento de Recompensa, sendo limitados a R$ 50 mil, levando em conta a complexidade da investigação, as despesas das diligências policiais realizadas, a repercussão social do crime, o nível de periculosidade do foragido em questão, entre outros aspectos.

Leia Também:  Gefron entrega 51 medalhas de Mérito Policial de Fronteira nesta segunda-feira (11)

A Comissão de Pagamento será formada por membros das polícias Civil, Militar e Penal, Superintendência Financeira da Sesp, Ministério Público do Estado e Procuradoria Geral do Estado.

O pagamento da recompensa também será feito para as pessoas que ajudarem na prevenção de crimes “de grande repercussão social que precisam de atuação imediata”.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: