conecte-se conosco


Esportes

Fluminense empata com o Santos fora de casa pelo Brasileirão

Publicados

em

Em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta segunda (01/08), na Vila Belmiro, Fluminense e Santos terminaram empatados em 2 a 2, deixando o Tricolor com 35 pontos.

Em jogo agitado, o Fluminense saiu perdendo no primeiro tempo, mas conseguiu a virada na segunda etapa em um intervalo de dois minutos, com Ganso cobrando pênalti de cavadinha e belo gol de Arias. No fim da partida, o Santos conseguiu o empate.

A equipe volta a campo no domingo (07/08), quando enfrenta o Cuiabá, às 16h, no Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 7 minutos, Matheus Martins, dentro da área, conseguiu abrir espaço para a finalização, mas mandou para fora. Aos 13, Cano arriscou o chute de fora da área, a bola desviou e saiu pela linha de fundo. Aos 15, Luiz Felipe, de cabeça, abriu o placar para o Santos.

Aos 29 minutos, Ganso acertou a trave em cobrança de falta rente à grande área. Aos 35, Ganso aproveitou sobra de bola e ajeitou para Nonato, que bateu forte para grande defesa do goleiro. Aos 39, Ganso cruzou, a defesa tirou e, no rebote, Samuel Xavier finalizou para mais uma defesa do goleiro.

Leia Também:  Flamengo segue a preparação visando confronto contra o Avaí, pelo Brasileirão

SEGUNDO TEMPO

Aos 2 minutos, Ganso fez bom lançamento para Arias, que rolou para a finalização cruzada de Matheus Martins, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 14, Caio Paulista achou passe rasteiro para dentro da área, Arias fez o corta-luz e Samuel Xavier finalizou para a defesa do goleiro.

Aos 22 minutos, Nonato recebeu passe de Ganso e finalizou forte, mas o chute parou no goleiro. Aos 23, Matheus Martins sofreu pênalti, convertido por Ganso de cavadinha aos 25, empatando a partida. Aos 26, após lançamento de Nino, Cano ajeitou para Arias, que finalizou no cantinho e botou o Tricolor na frente. Aos 40, Marcos Leonardo empatou para o time da casa.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 20ª rodada

01/08/2022, 20h00 – Vila Belmiro

Santos (2)

João Paulo; Madson, Maicon, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Camacho (Rodrigo Fernández), Vinícius Zanocelo (Ângelo) e Carlos Sánchez (Sandry); Lucas Barbosa (Léo Baptistão), Lucas Braga e Marcos Leonardo. Técnico: Lisca

 

Fluminense (2)

Fábio; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro (Martinelli) e Caio Paulista; André, Nonato (Willian Bigode) e Paulo Henrique Ganso (David Duarte); Matheus Martins (Wellington), Jhon Arias (Pineida) e Germán Cano. Técnico: Eduardo Barros

Leia Também:  Cruzeiro amplia vantagem com ponto conquistado fora de casa

Gols: Luiz Felipe (15′ 1T) e Marcos Leonardo (40′ 2T) (SAN); Ganso (25′ 2T) e Arias (26′ 2T) (FLU)

Cartões amarelos: Madson e Camacho (SAN); Caio Paulista e Wellington (FLU)

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Thiaggo Americano Labes

Texto: Comunicação/FFC

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC

COMENTE ABAIXO:

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Cuiabá vence o Juventude e sai da zona da degola

Para se manter fora do Z4, Dourado ainda depende dos resultados de Fortaleza e Coritiba que entram em campo neste domingo (14)

Publicados

em

Por

Fonte: UOL

O Cuiabá venceu o Juventude por 1 a 0 na noite de hoje (13) e voltou a saber o que é uma vitória no Brasileirão após cinco rodadas sem triunfos. A partida válida pela 22ª rodada foi disputada na Arena Pantanal, no Mato Grosso, contou com a estreia do atacante Deyverson, após quatro meses sem entrar em campo. Com a vitória a equipe dourada subiu na tabela e saiu da zona de
rebaixamento. Agora o time ocupa a 15ª posição, com 25 pontos somados. O Juventude, por outro lado, permanece na lanterna do Brasileirão, com 16 pontos.

Foi bem: Rafael Gava veloz

Rafael Gava não conseguiu deixar o dele, mas o volante foi crucial no meio campo Dourado ao vencer duelos aéreos e investir velocidade nas transições entre os setores sempre que acionado, especialmente ao tabelar com Pepê e Valdívia.

Foi mal: Bruno Nazário desconcentrado

Bruno Nazário não esteve concentrado na partida. O atacante da equipe de Caxias do Sul perdeu a bola em lances que poderiam ter dado outro rumo ao jogo e não conseguiu desenvolver claras jogadas que eram ensaiadas.

André volta a marcar após sete rodadas

André finalmente voltou a marcar pela equipe. Antes de fazer o primeiro gol do jogo de hoje, o atacante só tinha balançado a rede pela equipe mato-grossense na 11ª rodada, no empate em 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, pelo Brasileirão.

Leia Também:  Com três expulsos, São Paulo vence a Universidad Católica no Chile

Deyverson estreia no Dourado

Recém-contratado, Deyverson estreou pelo Cuiabá substituindo André aos 14 do segundo tempo. A última vez em que o atacante esteve em campo foi ainda pelo Campeonato Paulista jogando pelo Palmeiras, e após ficar sem clube, começou a manter o preparo físico por conta própria. O atacante até teve chance de marcar aos 34′, mas isolou a bola e mandou a bola na arquibancada da Arena Pantanal.

Cuiabá prioriza posse e aproveita chances

A defesa do Cuiabá, apesar da pressão rival em alguns momentos, conseguiu manter a tranquilidade e evitar o pior. Embora tenha aberto o placar e tido mais posse de bola priorizando o controle do jogo ao contrário do Juventude, que focou em atacar, a equipe não mostrou muito perigo e soube aproveitar uma das poucas chances claras que teve, tendo equilibrado o jogo com os visitantes nos minutos finais da primeira etapa.

Fim do jejum de vitórias

O Cuiabá voltou a sentir o gosto da vitória depois de cinco rodadas sem saber o que era vencer. O último triunfo da equipe antes da partida de hoje foi por 1 a 0 contra o Botafogo, na 16ª rodada do Brasileirão. Além de voltar a vencer, a equipe conseguiu sair por enquanto da degola da tabela.

Leia Também:  Cruzeiro amplia vantagem com ponto conquistado fora de casa

Juventude peca nas bolas aéreas

Com uma postura tática bem definida com três zagueiros, Thalisson Kelven, Paulo Miranda e Nogueira, não avançaram e focaram em rebater chegadas, mas pecaram ao aceitar com facilidade jogadas aéreas da equipe Dourada. O setor ofensivo, por outro lado, mostrou perigo, e conseguiu chegar várias vezes, principalmente pelo lado esquerdo do campo, embora, mas sem sucesso ao finalizar.

Cronologia

O Dourado finalizou sete vezes contra a meta, cinco de dentro da área em jogadas alternadas nas quais as melhores chances surgiram com Gabriel Pirani aos 25′ e Rafael Gava aos 45′ da primeira etapa. O Ju chegou em três arremates, mas a melhor oportunidade saiu de Pitta aos 14′. Na segunda etapa, Rafael Gava, antes mesmo do primeiro minuto tentou de fora da área, exigindo grande defesa de Pegorari. Pepê, dois minutos depois, também tentou o dele, mas a bola foi fraca em direção ao gol.

Próximos jogos

Na próxima rodada o Dourado viaja para encarar o Atlético-GO, na quinta-feira (18), às 18h (horário de Brasília). O Juventude só volta a campo no próximo final de semana, no domingo (21), diante do Botafogo, às 11h.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: