conecte-se conosco


POLÍTICA

Fávaro sobre a Rota do Oeste: “Não fez obra, tenha honra de devolver o contrato”

Senador informou que ANTT rejeitou proposta de troca de controle acionário da Rota do Oeste e, agora, caducidade do contrato é única saída

Publicados

em

Por CAMILLA ZENI – RepórterMT

O senador Carlos Fávaro (PSD) defendeu que a concessionária Rota do Oeste, responsável pela BR-163 em Mato Grosso, facilite o processo de caducidade a ser aberto pelo governo federal, e devolva de forma amigável o contrato de concessão firmado em 2013.

“Ela tem que criar consciência de que ela não fez a obra e cobrou pedágio. Então, que, no mínino, ela tenha a honra de devolver o contrato sem briga judicial, para que possamos licitar o mais rápido possível e daí sim ter um controlador novo, com obra e fazer acontecer”, defendeu o senador nessa segunda-feira (18), após reunião no Palácio Paiaguás.

A possibilidade de caducidade do contrato, segundo Fávaro, foi adiantada pelo diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que informou que a agência não aprovou a única proposta recebida para troca do controle acionário da Rota do Oeste. A medida é condicionante para o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pelo ministro Tarcísio de Freitas, no mês de julho, para solucionar o impasse com a empresa.

Leia Também:  Deputado Claudinei apoia a reestruturação do posto da PRF na Serra de Vicente

“Temos que endurecer o jogo para que esse processo de caducidade seja o mais rápido possível. Certamente ele será judicializado e temos que evitar isso, buscar a entrega amigável por parte da empresa, já que ela criou um dano aos mato-grossenses”, comentou Fávaro.

De acordo com Fávaro, o processo de caducidade do contrato pode levar até dois anos para ser concluído, em um ritmo “normal”. Contudo, ele defende que seja possível acelerar o processo e promover a mudança de forma eficiente no prazo de um ano.

“Acho que passa a ser nosso papel como interlocutor, para minimizar esse impacto da caducidade, fazer com que a empresa entregue amigavelmente o contrato, e evitar que o processo possa se alongar mais tempo, cobrando pedágio do cidadão e não fazendo obra, o que é inadmissível. O mato-grossense não tolera mais dois anos pagando pedágio sem ter obra”, finalizou.

Há meses os políticos mato-grossenses se revezam na cobrança sobre o contrato de concessão da rodovia, em razão da falta de compromisso da Rota do Oeste. Isso porque a previsão era de que, a essa altura, os 850 quilômetros de estrada sob sua concessão já estivessem com vias duplicadas. Entretanto, apenas 120 km na região sul foram terminados.

Leia Também:  Sindicatos recorrem a Botelho pela reestruturação de carreira

Considerando a importância da escoação da produção mato-grossense pela BR-163, bem como os diversos acidentes registrados quase diariamente na rodovia, a classe política tem cobrado a rescisão do contrato ou o andamento das obras. Na Assembleia Legislativa, uma proposta de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra a empresa tem ganhado forma.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Gratuidade no transporte público intermunicipal para servidores da segurança é aprovada na ALMT

Publicados

em

Por


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Foi aprovada em primeira votação, durante a sessão desta quarta-feira (01), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o projeto de lei nº 413/2019, que dispõe sobre a gratuidade do transporte público intermunicipal aos Policiais Civis, Militares, Bombeiros e Agentes Penitenciários em atividades no Estado de Mato Grosso. O projeto é de autoria do deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), que é policial penal de carreira e presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária dentro do Parlamento.

De acordo com o parlamentar, afirmando que o fato ocorre com muita frequência, alguns servidores são transferidos de um determinado município para outro, atendendo as necessidades da sua corporação. Essas transferências atribuem um novo custo com transporte público no orçamento destes profissionais.

“Apresentamos este projeto logo no início da nossa legislatura, como forma de fazer justiça econômica para estes profissionais, dando a oportunidade de realizar economia na hora da sua locomoção, saindo de um município para o outro. Mas a nossa iniciativa atende também o servidor que precisa se deslocar pelo Estado a trabalho, sem diárias, ou necessitam comparecer até a sede central do órgão o qual é vinculado”, disse João Batista.

Leia Também:  Sindicatos recorrem a Botelho pela reestruturação de carreira

Em seu projeto, Batista determina que o limite de um assento por viagem, seja destinado para o servidor que solicitar a gratuidade com até 12 horas antes da partida estabelecida pela empresa de transporte. Caso não haja disponibilidade de assento no ônibus desejado, os servidores que optarem pela gratuidade, poderão solicitar vaga no próximo horário da condução, sempre apresentando a identidade funcional.

O deputado afirma que irá trabalhar junto aos demais parlamentares, para que o PL seja aprovado em segunda votação, siga os trâmites necessários e seja sancionado pelo Governo do Estado. “Precisamos dar mais dignidade para os nossos guerreiros e guerreiras da segurança pública de Mato Grosso. O transporte público gratuito, seja municipal, ou intermunicipal, é o mínimo do mínimo que o Poder Executivo pode oferecer. É uma ação simples, mas que trará mais dignidade para estes profissionais”, finalizou o parlamentar.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

CIDADES14 horas atrás

Inscrições para o Processo Seletivo da Prefeitura de Nobres se encerram hoje (01/12)

Processo Seletivo: comissão criada organiza e avalia evento que abre vagas ao serviço público municipal

CIDADES15 horas atrás

Prefeitura e Estado pagarão R$ 200 mil pelo Natal em Diamantino

Projeto de Natal foi apresentado pela prefeitura de Diamantino

CIDADES15 horas atrás

Policiais Militares em Jangada detém indivíduo com arma de fogo e munições pela Área Central Jangadense

Fonte: JangadaMT Na manhã desta terça-feira (30), Policiais Militares em Jangada realizavam rondas na área central da cidade, quando num...

CIDADES15 horas atrás

ACORIZAL: Diego Taques estreita relações política com o vizinho município de Jangada

Prefeito recebe visita do presidente da Câmara Municipal de Jangada

CIDADES1 dia atrás

Prefeito Alex e Presidente Amilson falam sobre fortalecimento da agricultura familiar de Rosário Oeste

O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto se reuniu com o Presidente da Câmara de Rosário Oeste na manhã desta...

CIDADES1 dia atrás

Prefeito Alex fala sobre os avanços da sua gestão durante o aniversário da Câmara de Rosário Oeste

Assessoria O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto fez parte da mesa de autoridades durante a solenidade de Comemoração do...

CIDADES1 dia atrás

ANIVERSÁRIO DA CÂMARA – Prefeito Alex Berto participou de evento que homenageou celebridades importantes de Rosário Oeste

Assessoria O Prefeito de Rosário Oeste Alex Berto participou na noite da última segunda-feira (29/11/2021) da sessão solene em alusão...

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: