conecte-se conosco


POLICIAL

Duas vítimas de golpe pela internet tem valores restituídos em ações distintas da Polícia Civil

Publicados

em

Duas vítimas de golpes cometidos pela internet tiveram os valores recuperados pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (20.06), em trabalhos distintos realizados pela Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), um deles em parceria com a Delegacia de Paranatinga.

Nas ações foram recuperados aproximadamente R$ 2,4 mil que foram subtraídos das vítimas por meio dos golpes.

No primeiro caso, as investigações iniciaram após a vítima procurar a Delegacia de Paranatinga relatando que havia caído no golpe do falso perfil do whatsapp. Para aplicar o golpe, o suspeito se passou por filho da vítima e disse que estava na estrada e precisa de dinheiro para pagar o conserto do seu celular.

Cerca de 20 minutos após a transferência, o golpista pediu mais dinheiro, momento em que a vítima desconfiou da conduta e ligou para o filho, descobrindo que havia caído em um golpe.

Após a comunicação, os policiais da Delegacia de Paranatinga entraram em contato com a equipe da DRCI, que com apoio do setor antifraudes do banco conseguiu o bloquei de R$ 1 mil transferidos.

Leia Também:  Em ação rápida 7º BPM recupera camionete roubada em Rosário Oeste na área rural de Acorizal

O segundo caso também foi realatado nesta segunda-feira (20) em Cuiabá quando a vítima procurou a DRCI comunicando que viu o anúncio de uma motocicleta em uma rede social da internet e se interessou pela compra do veículo.

A vítima fez a negociação com o suspeito que se apresentou como funcionário da proprietária do veículo. Com base no acordado, a vítima fez a transferência do valor para a conta indicada pelo suspeito, descobrindo posteriormente que havia caído em um golpe.

Diante do informado, a DRCI agiu rapidamente conseguindo o bloqueio de R$1.375,90 do valor subtraído da vítima.

Após algumas providências de praxe, os valores serão restituídos para as vítimas. As investigações seguem em andamento para identificar os autores do crime.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicados

em

Por

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Homem é internado em estado grave após levar facadas em Sorriso
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: