conecte-se conosco


POLÍTICA MT

Deputado Claudinei solicita manter o funcionamento de agência do Banco do Brasil em Rondonópolis

Redação

Publicados

em


Deputado Delegado Claudinei enviou ofício para reverter decisão de banco

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Após a informação sobre o fechamento da agência do Banco do Brasil localizada na Rua Dom Pedro II, em Rondonópolis (MT), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) encaminhou, de forma imediata, ofício ao superintendente da agência bancária de Mato Grosso, Oberti Finger, para reverter essa decisão. O parlamentar apontou os prejuízos a serem acarretados com o encerramento das atividades da unidade bancária e solicitou para que ela seja mantida para evitar transtornos aos usuários.

Essa ocorrência se deve ao Plano Nacional de Reestruturação da instituição financeira, que tem a previsão de realizar o fechamento de 242 postos de atendimentos, 112 agências bancárias, sete escritórios e 361 unidades de atendimentos em diferentes regiões do país. Sem contar a demissão de aproximadamente cinco mil servidores com a abertura do Plano de Demissão Voluntária (PDV).

“A nossa preocupação são os transtornos que vão causar aos correntistas desta agência de Rondonópolis. Não há dúvidas que ficarão indignados e terão prejuízos – principalmente para aqueles que moram na região central da cidade e, agora, terão que se deslocar para outra instituição – que na verdade são poucas – para atender as suas necessidades. Há menos de quatro anos, já passamos por isso, com o fechamento de uma unidade na Vila Operária. É preciso reavaliar essa situação”, posiciona Claudinei.

Leia Também:  ALMT suspende atividades presenciais em razão do aumento de casos de Covid-19

Situação – O avanço tecnológico devido ao uso da digitalização bancária e mudanças de comportamentos dos clientes foram um dos pontos para a adequação da instituição por meio do Plano Nacional de Reestruturação, que já segue a modernização do sistema financeiro e busca alcançar a redução de custos.

Para o consultor comercial Danilo Araujo Pacheco, a intervenção política nesta situação se faz necessária para evitar possíveis impactos no campo social e econômico do município. “O deputado Claudinei é daqui e sabemos que busca contribuir da melhor forma para sanar os problemas da cidade. Por ele já ter tomado a iniciativa de entrar em contato com a superintendência do Banco do Brasil, acaba nos representando e nos tranquilizando. Esperamos que tudo isso se resolva”, diz.

Segundo Pacheco, além desta agência que está prevista para ser fechada em menos de 60 dias, só restarão duas que ficam situadas na avenida Cuiabá, em frente à Praça Brasil, e a da avenida Lions Internacional, que só atende pessoas jurídicas. “Isso vai virar uma confusão aqui para a gente, vão ser muitas pessoas que perderão o emprego e não vão aceitar mudar de cidade. Se a gente ficar só da avenida Cuiabá, vai ficar todo mundo aglomerado. E os concursados? Como vão conseguir se enquadrar só naquela agência. Rondonópolis está precisando de mais agências e não de fechá-las, pois o município está crescendo muito. Temos que tentar converter isso”, preocupa Danilo.

Leia Também:  Feirantes poderão ter prioridade na vacinação

O Banco do Brasil é uma instituição financeira com sociedade de economia mista, de participação do governo federal em 50% das ações em bolsa. Atualmente, o município de Rondonópolis conta com cerca de 250 mil habitantes e fica cerca de 210 km de distância da capital Cuiabá.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Empresas que descumprirem medidas de enfrentamento à pandemia poderão ser cassadas em MT

Redação

Publicados

em

Por


O Projeto de lei nº 146/2021 estabelece cassação da inscrição estadual de empresas que descumprirem as medidas sanitárias de enfrentamento à pandemia do coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso. O empresário deve continuar exigindo o uso de máscara de proteção individual dentro do estabelecimento comercial e evitar aglomerações.

Para o deputado estadual Dr. Gimenez (PV), o Brasil vive um momento delicado com mais de 1,5 mil mortes em 24 horas, na última semana de fevereiro, atingiu a marca de 250 mil mortes. Em Mato Grosso, a situação também é alarmante, com cerca de 5 mil mortes, uma média diária de 40, e a taxa de ocupação de 70% das UTIs adulto.

“É importantíssimo que todos colaborem, não é um momento de relaxar as regras de proteção. Nossa proposta é fazer um esforço conjunto entre estado e municípios para intensificar a fiscalização e o cumprimento das medidas em todas as atividades. Temos que valorizar a economia e também as vidas, para que não sejamos surpreendidos com um novo fechamento do comércio”.

Leia Também:  Faissal tenta barrar aumento de 14% nas contas de energia

O dispositivo considera ato lesivo ao enfrentamento da emergência de saúde pública toda ação ou omissão, voluntária ou não, que viole protocolos e normas que se destinem à promoção, preservação e recuperação da saúde no combate da pandemia, o que compreende fiscalizar a utilização da máscara, do distanciamento entre as pessoas e a não aglomeração.

Além disso, as empresas precisam disponibilizar álcool gel 70% para uso próprio dos funcionários e dos consumidores em todas unidades comerciais; auxiliar na organização das filas dentro e/ou fora do estabelecimento, garantindo o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas; e cumprir rigorosamente o comunicado de isolamento domiciliar determinado por profissional de saúde.

“Só teremos a dispensa no uso da máscara para crianças com menos de 3 anos de idade, bem como no caso de pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado, conforme declaração médica que poderá ser obtida e apresentada por meio digital”.

Leia Também:  Feirantes poderão ter prioridade na vacinação

O parlamentar acrescenta que diversos municípios voltaram a estar na lista de alerta máximo para a proliferação doença e retomaram o toque de recolher no período noturno. “Infelizmente temos acompanhado muitos estabelecimentos insistindo em desrespeitar as determinações do poder público, causando aglomerações e certamente colaborando com a disseminação desta nefasta doença que nos aflige”.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

CIDADES3 horas atrás

Governador convoca reunião com prefeitos e pode decretar lockdown

O governador Mauro Mendes (DEM) convocou reunião com representantes dos Poderes, instituições e com os prefeitos de Mato Grosso, via...

CIDADES3 horas atrás

Prefeitura de Rosário Oeste pagou salário dos servidores hoje

A Prefeitura de Rosário Oeste, através das Secretarias Municipais de Finanças e de Administração, mandou para o Banco o pagamento...

CIDADES4 horas atrás

Carreta pega fogo após batida na BR 364 em Várzea Grande, saída para Jangada

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista conseguiu sair do caminhão antes das chamas se alastrarem

Búfalo foi atropelado na MT 241 em Nobres Búfalo foi atropelado na MT 241 em Nobres
CIDADES4 horas atrás

Búfalo foi atropelado na MT 241 em Nobres

Búfalo provoca acidente na MT 241

CIDADES4 horas atrás

Após 4 vereadores testarem positivo para a Covid-19, Câmara de Nobres suspende atendimento ao público

Após 4 vereadores de Nobres testarem positivo para o novo coronavírus, Flávio Rondon (PSDB), Gercinho (PP), Professor Elies (DEM) e...

CIDADES21 horas atrás

Idoso de 82 anos venceu a Covid em Rosário Oeste

Um Idosos de 82 anos recebeu alta hoje em Rosário Oeste depois de vencer o vírus Covid-19 e ser atestado...

Vereador Líder do Governo, acompanha Prefeito em fiscalização de manutenção de estradas na zona rural. Vereador Líder do Governo, acompanha Prefeito em fiscalização de manutenção de estradas na zona rural.
CIDADES21 horas atrás

ROSÁRIO OESTE: Vereador Líder do Governo, acompanha Prefeito em fiscalização de manutenção de estradas na zona rural.

Na manhã desta Segunda-feira 26/02, o vereador Líder do Governo Ademir Figueiredo (MDB) acompanhado pelo Prefeito Alex Berto (SOLIDARIEDADE), estiveram...

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA