conecte-se conosco


CIDADES

Comerciante de Alto Paraguai foi preso por estuprar menor aprendiz de 13 anos

A vítima trabalhou como menor aprendiz no supermercado do acusado, que a conhecia desde criança.

Publicados

em

Polícia Civil MT

A Polícia Civil cumpriu nesta segunda-feira (06) o mandado de prisão preventiva contra um comerciante de 40 anos, de Alto Paraguai, investigado pelo estupro de uma adolescente, atualmente com 13 anos.

De acordo com a Delegacia de Diamantino a vítima trabalhou como menor aprendiz no supermercado do acusado, que a conhecia desde criança, pois a mãe dela já havia trabalhado no local e levava a filha para o estabelecimento.

Quando a menina atingiu os 12 anos, segundo a mãe, ele passou a demonstrar um comportamento com a adolescente que refletia desejo e não apenas carinho.

Mesmo após a mãe retirá-la do trabalho quando soube do ocorrido, o dono do mercado continuou mantendo contato com a vítima, persuadindo a garota de que se separaria para ter um relacionamento com ela e que não iria preso, pois tinha dinheiro. Após o registro da ocorrência feito pela mãe, ele disse à adolescente para negar os fatos na delegacia.

No fim do mês de maio, a Polícia Civil recebeu uma denúncia de que a adolescente havia voltado a trabalhar no mercado, fazendo diárias em fins de semana, e que a mãe dela havia recebido um valor em dinheiro para que se calasse diante do crime ocorrido. O investigado também ameaçou a mãe da adolescente.

Leia Também:  Sesc Pantanal abre 26 vagas para Brigada de Prevenção e Combate a Incêndios no Pantanal e Cerrado

Diante das inúmeras evidências apuradas e de andar portando arma de fogo, o delegado Marcos Martins Bruzzi representou à Justiça pela prisão preventiva e mandados de buscas em endereços dele, assim como buscas em aparelhos celulares que foram apreendidos.

“Todos os pedidos foram deferidos pela Justiça e durante o cumprimento da prisão, ele estava com um revólver municiado. No mercado foram encontradas várias munições e cápsulas e encontramos vários adolescentes trabalhando no estabelecimento”, explicou o delegado.

Além do inquérito sobre o estupro da adolescente de 13 anos, o acusado é alvo de outra investigação sobre o abuso sexual contra duas adolescentes.

Durante o cumprimento das buscas domiciliares, policiais civis da Delegacia de Diamantino apreenderam uma arma de fogo, munições e três aparelhos celulares na residência e no comércio dele.

VEJA A MATÉRIA EM VÍDEO AQUI

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Sorriso: Jovem é ameaçado e perde quase R$ 3 mil após trocar mensagem com mulher casada

Publicados

em

Por

Terra MT Digital

Um jovem, de 19 anos, procurou delegacia para relatar que pode ter caído em um golpe após receber uma solicitação de amizade no Facebook, de uma mulher e depois ser ameaçado por dois homens, que entraram em contato via whatsapp.

Segundo o jovem, ele aceitou o pedido de amizade da suposta mulher e começaram a conversar.

Ele passou o número do WhatsApp e depois que estavam conversando e a conversa estava “caliente, dois homens entraram em contato com o jovem por números diferentes pelo WhatsApp, dizendo que o jovem estava mexendo com mulher casada e que seus colegas iriam pegá-lo, que eles eram faccionados e que queriam resolver logo o problema, então pediram uma quantia de R$3000, pra deixar o jovem sem problemas com o esposo da mulher.

O jovem, com medo, realizou cinco transferência no total uma no valor de R$ 1000, cinco no valor de R$ 500 e uma no valor de R$311 totalizando R$2811.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura de Rosário Oeste retoma as atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: