conecte-se conosco


CIDADES

Ciclista é atropelado por Scania Bitrem e morre na estrada de Jangada

O motorista do caminhão não fez os testes e não estava alcoolizado; local da tragédia é completamente escuro e sem sinalização

Publicados

em

Jorge Maciel com Franciel Almeida/VGN

Um ciclista com idade entre 30 anos, identificado por Ivaldo Assis Noronha, acaba de ser atropelado e morto por uma carreta Bitrem, na BR-163, que liga Várzea Grande ao Norte e Médio-Norte do Estado há carca de uma hora.

Ele pedalava no sentido Várzea Grande – Jangada quando foi colhido pela carreta, que seguia na mesma direção. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Serviço de Atendimento de Saúde Móvel de Urgência (Samu) ainda estão no local fazendo o atendimento e falta de luz no local dificulta bastante os trabalhos.

A morte foi constatada pelos paramédicos que estiveram no local para os procedimentos. Ainda não há informações mais detalhadas sofre o acidente.

A vítima, Ivaldo, em foto recente /Álbum família

O motorista, que não teve a identidade revelada argumentou para o policiai que a vítima estava sem os equipamentos de sinalização de duas rodas – faróis e iluminação traseira, por exemplo – por isso não foi possível ver, principalmente porque a vítima estava envolvido por grande escuridão do local.

Leia Também:  Primeiro Batalhão da PM celebra aniversário de 105 anos nesta sexta-feira (03)

Ele fez testes de etilômetro (o mesmo que bafômetro) e foi constatado que não havia ingerido bebida alcóolica.

O corpo da vítima foi transladado para o Instituto Médico Legal (IML) para os exames de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Sorriso: Jovem é ameaçado e perde quase R$ 3 mil após trocar mensagem com mulher casada

Publicados

em

Por

Terra MT Digital

Um jovem, de 19 anos, procurou delegacia para relatar que pode ter caído em um golpe após receber uma solicitação de amizade no Facebook, de uma mulher e depois ser ameaçado por dois homens, que entraram em contato via whatsapp.

Segundo o jovem, ele aceitou o pedido de amizade da suposta mulher e começaram a conversar.

Ele passou o número do WhatsApp e depois que estavam conversando e a conversa estava “caliente, dois homens entraram em contato com o jovem por números diferentes pelo WhatsApp, dizendo que o jovem estava mexendo com mulher casada e que seus colegas iriam pegá-lo, que eles eram faccionados e que queriam resolver logo o problema, então pediram uma quantia de R$3000, pra deixar o jovem sem problemas com o esposo da mulher.

O jovem, com medo, realizou cinco transferência no total uma no valor de R$ 1000, cinco no valor de R$ 500 e uma no valor de R$311 totalizando R$2811.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Motociclista fica ferida em acidente de trânsito entre duas motos na Av. dos Uirapurus em Nova Mutum-MT
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: