conecte-se conosco


POLICIAL

Cavalaria da PM prende homem com 6 peças de picanha furtadas de supermercado em Nova Mutum

Publicados

em

Cavalaria da PM prende homem com 6 peças de picanha furtadas de supermercado em Nova Mutum

Um homem e 42 anos foi preso em flagrante na noite desta sexta-feira (26), por volta das 19h45, após furtar seis peças de picanha de um supermercado localizado na Av. dos Uirapurus, centro de Nova Mutum-MT.

Uma equipe da Cavalaria realizava rondas pela Av. dos Uirapurus quando visualizou alguns indivíduos correndo em direção à Rua das Hortênsias, diante da situação, a guarnição resolveu verificar o que estava acontecendo.

Ao chegar na Rua dos Cedros, os militares se depararam com um homem caído, apresentando um corte na região da cabeça. No local o funcionário de um supermercado relatou aos policiais que o homem havia furtado o supermercado.

Ao realizar uma busca pessoal no suspeito, foi localizado seis peças de carne embaladas a vácuo, o produto estava escondido na calça. Como o mesmo estava ferido na cabeça, a guarnição solicitou apoio do Corpo de Bombeiros, que encaminhou o suspeito ao Hospital Municipal para atendimento médico.

Após sair do hospital, o suspeito foi conduzido à Delegacia Judiciária Civil, para as devidas providências.

Leia Também:  Projeto PM MIRIM é apresentado pela equipe do 7º BPM em Acorizal

Redação e fotos de Djeferson Kronbauer – Powermix

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Paccola diz que matou agente penal por legítima defesa para neutralizar ameaça

Paccola deu voz de prisão, mas o homem não se rendeu, e teria feito um movimento em direção ao vereador, que reagiu atirando.

Publicados

em

Por

RepórterMT

O vereador de Cuiabá, tenente coronel Marcos Paccola emitiu nota explicando as circunstâncias que o levaram a atirar e matar um homem na região do Goiabeiras, na noite de sexta-feira (01). Ele alegou que agiu em legítima defesa e lamentou a morte.

O homem que morreu foi identificado como sendo um agente penal do Complexo Pomeri, chamado de Japão. Ele, segundo o parlamentar, estava armado, ameaçando matar uma mulher.

O vereador disse que passava pelo local, quando viu várias pessoas aglomeradas, relatando que o homem estava fora de controle, ameaçando populares e dizendo que iria matar a mulher Paccola deu voz de prisão, mas o homem não se rendeu, e teria feito um movimento em direção ao vereador, que reagiu atirando.

Na nota Paccola diz que agiu para neutralizar a ameaça.

“No dever de proteger, agiu da forma que foi treinado e neutralizou a ameaça em legítima defesa própria e de terceiros, ele agiu efetuando disparos contra o indivíduo, que infelizmente foi a óbito (…) A perda de uma vida é sempre irreparável, porém o dever de servir e proteger está acima de qualquer situação, o treinamento do Tenente Coronel Paccola permitiu que que os danos aos presentes e a sociedade fossem minimizados e que todas as demais vidas fossem preservadas”, destacou a nota.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PM de Nobres faz apreensão de adolescentes que pagaram taxista com dinheiro falso
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: