conecte-se conosco


MATO GROSSO

Candidatura de Tigresa Vip a deputada estadual é barrada pelo PT

Publicados

em

Rodrigo Costa – Gazeta Digital

O nome de Ester Caroline, a Tigresa VIP, ficou de fora dos 13 pré-candidatos a deputado estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) mesmo após ela ter conseguido uma liminar na justiça determinando a inclusão de seu nome na legenda.

O evento online que definiu os nomes que disputarão as vagas na AL aconteceu no último domingo (29) e contou com a participação de 138 delegados e delegadas.

A filiação de Ester à sigla foi barrada em duas oportunidades até que a defesa da atriz conseguiu liminar da Justiça Eleitoral determinando a inclusão do nome dela entre os filiados do PT.

De acordo com Paulo Lemos, advogado de Ester, ainda é possível ingressar com medidas jurídicas, porém a avaliação final cabe a Ester. “É preciso de um tempo para pensar antes de agir, da melhor e mais adequada forma. Essa é uma decisão que só ela pode tomar”, disse. “Juridicamente, essa nova exclusão não tem amparo, podendo ser revertida”.

Em nota encaminhada ao , Paulo Lemos disse que, “aparentemente”, a executiva estadual não colocou o nome de Ester na lista, apesar da determinação judicial e a executiva estadual do partido continua a perseguir sua cliente.

Leia Também:  Mato Grosso recebeu 59,9 mil doses de vacinas contra a Covid-19

“Simplesmente não dá para entender o porquê dessa perseguição contra ela, que somente quer somar, desde o início, contribuir com o coeficiente eleitoral, até para garantir mais vagas, e integrar o palanque do ex-presidente, Lula”.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Polícia Civil prende integrantes de associação criminosa e apreendem armas de fogo, drogas e munições

Publicados

em

Por

Quatro integrantes de uma associação criminosa foram presos pela Polícia Civil, na sexta-feira (01.07), na zona rural de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), durante investigações continuadas para apurar o duplo homicídio ocorrido no município. 

A ação resultou na apreensão de duas armas de fogo, várias munições e porções de maconha. Os envolvidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e para o tráfico de drogas.

Nas diligências, os policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia, por meio da Divisão de Homicídios, identificaram uma propriedade rural usada pelos suspeitos para planejar os crimes e para se esconderem.

Diante das informações, a equipe foi até o local e, ao se aproximarem, perceberam a presença de alguns indivíduos, que fugiram para dentro de uma área de mata. No interior do imóvel, foram encontradas as armas de fogo, munições, uma tornozeleira eletrônica e porções de maconha.

Na casa também havia uma mulher e uma criança. Um dos presos possui passagem pelos crimes de sequestro, cárcere privado, furto, roubo, corrupção de menores, tráfico de drogas, receptação e lesão corporal. 

Leia Também:  Exame em impressões digitais de irmão de vereador comprovou o uso de identidade falsa

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e associação para o tráfico de drogas. Após a confecção dos autos, eles foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: