conecte-se conosco


MATO GROSSO

Campo Verde tem mais de R$ 129 milhões em investimentos do Governo de MT

Publicados

em

Os investimentos em infraestrutura e logística, educação, e ações sociais e culturais feitos pelo Governo de Mato Grosso em Campo Verde (140 km de Cuiabá), nos últimos três anos, já somam R$ 129 milhões. As principais obras se concentram na melhoria da infraestrutura da cidade e região, sendo mais de R$ 57 milhões investidos apenas nas estradas da região. 

De asfalto novo, foram executados 43 quilômetros da MT-140 em dois trechos: 15 quilômetros no entroncamento entre a BR-163/364 (sentido Jaciara) e a BR-070 (Campo Verde), e 28 km entre Campo Verde e Nova Brasilândia. Essas obras receberam o investimento de R$ 6,7 milhões e R$ 26,9 milhões, respectivamente.

A Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra) do governo  ainda faz a recuperação de outros 49,6 quilômetros da MT-140, entre Campo Verde e o Trevo do Gardez, em Chapada dos Guimarães, com investimento de R$ 13,1 milhões.

“Além de fazer novos asfaltos, o Estado também mantém a preocupação da manutenção da malha rodoviária já existente, que talvez seja um dos nossos maiores patrimônios. Mato Grosso aumenta sua produção agrícola a cada ano, o que aumenta também o tráfego nas rodovias e traz a necessidade de fazer sua conservação”, destacou o secretário da Sinfra, Marcelo de Oliveira.

Outros investimentos de infraestrutura na região ainda envolvem a manutenção do asfalto na MT-244, compra de material para asfaltamento de ruas da cidade, entrega de duas máquinas pesadas, sendo uma motoniveladora e uma pá-carregadeira, a construção de um centro de múltiplo uso no assentamento Santo Antônio da Fartura e a entrega de aduelas de concreto para substituição de pontes de madeira em rodovias vicinais da cidade.

Nesta semana, o governador Mauro Mendes ainda assina três novos convênios para obras de infraestrutura na região. O maior, de R$ 19 milhões, prevê o asfaltamento de 20 quilômetros da Estrada do Garbugio/Padre Dom Osório Stofell. Outro, de R$ 9,9 milhões, é destinado a manutenção de ruas e avenidas da cidade, enquanto R$ 5,6 milhões são para a construção de uma ponte sobre o Rio das Mortes/Estrada do Garbugio.

Leia Também:  Torturadores de mecânico são condenados, mas Justiça determina soltura

Social

Os moradores de Campo Verde também foram atendidos por programas sociais do governo estadual, que investiu R$ 608 mil para a distribuição de 2.850 cestas básicas e 1,2 mil cobertores, além de transferência de renda, e os professores da rede estadual também contaram com recursos do governo para, durante a pandemia da covid-19, adquirirem computadores e custear planos de internet para as aulas online.

O Governo do Estado também realizou o sonho de 274 famílias do município, com a entrega de títulos de regularização fundiária junto ao Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat). 

“O Instituto de Terras Mato Grosso (Intermat) segue realizando o trabalho de regularização fundiária em vários municípios e vamos continuar com nossa missão, conforme determinou o governador Mauro Mendes.  A chegada desses documentos representa a realização de um sonho para essas pessoas que esperam há mais de três décadas pelo seu título. Estamos escrevendo uma nova página na história de Mato Grosso e só vamos parar quando concluir todos os processos”, declarou o presidente Francisco Serafim.

Mais investimentos

A Secretaria de Estado de Educação investiu na compra de novos aparelhos de ar condicionado para as escolas estaduais Boa Esperança e Ledy Anita Brescancin, sendo que esta última também deverá passar por reforma, recebendo investimento de R$ 2,3 milhões. Outras reformas completas são previstas para as escolas estaduais Jupiara e Waldemon Moraes Coelho. Por sua vez, a EE Professora Alice Barbosa Pacheco e a creche municipal Santo Antônio da Fartura passarão por ampliação das salas. 

Uma nova escola padrão Seduc também já está em construção, assim como uma Escola Técnica Estadual. Ao todo, os investimentos somam mais de R$ 39,5 milhões, entre recursos da Seduc e da Secretaria de de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci).

Leia Também:  Governo de MT investe R$ 2 milhões em projetos de desenvolvidos nos Pontos de Cultura

Ações culturais do município também foram contempladas com mais de R$ 1,9 milhão de investimentos. Os valores, repassados, em parte, via convênios, fomentaram a realização de projetos como o Cultura Viva, Natal Luz, “Campo Verde, Cidade das Artes”, além de atividades esportivas.

“Tenho orgulho de chamar esse esforço, que é inédito, de ‘o maior programa de investimentos na área da cultura e do esporte da história de Mato Grosso’, organizado de forma estratégica, plural e democrática, priorizando aqueles que mais precisam e nunca tiveram acesso a recursos públicos, e potencializando iniciativas nos quatro cantos deste Estado. Além dos editais, firmamos parcerias para a realização de eventos de pequeno e grande porte, dos mais diversos, que movimentam toda uma rede produtiva, e, graças aos esforços coordenados, estamos assistindo e vivendo esta retomada. Sabemos que ainda é preciso mais, e seguiremos fazendo a nossa parte”, destacou Jefferson Neves, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

Outros investimentos realizados pelo Estado ainda passam pela equipagem do Indea, que recebeu uma nova caminhonete para as atividades de fiscalização no município, e pela perfuração de quatro poços tubulares. Juntos, representam mais de R$ 560 mil em investimentos. 

Os agricultores familiares da região também foram contemplados com cinco tanques resfriadores e 700 toneladas de calcário, que representam investimentos que somam R$ 129 mil, enquanto a agência de fomento Desenvolve MT realizou empréstimos de R$ 199,6 mil para fomentar a atividade de empresas locais. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo de MT assina convênio com a Prefeitura de Sinop para construção da nova unidade da Politec

Publicados

em

Por

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, assinou, nesta quinta-feira (30.06), convênio com a Prefeitura de Sinop para a construção do novo edifício da Coordenadoria Regional da Politec do município.

O ato foi publicado no diário oficial da última sexta-feira (24.06). Conforme o extrato do convênio, serão destinados R$ 7.357.881,04, sendo R$ 6.768.881,04 dos recursos provenientes do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, e R$ 589 mil oriundos da Prefeitura de Sinop.

O diretor Geral da Politec, Rubens Sadao Okada, explica que o projeto arquitetônico do novo edifício é moderno e arrojado, inspirado o futuro complexo de Cuiabá, que propõe trazer mais funcionalidade nos serviços ofertados, e que proporcione um ambiente confortável para os servidores e à população.

O projeto prevê a construção de uma sede que reúne todos os serviços prestados pela instituição (criminalística, identificação técnica, e medicina legal),  com área total de 1.403,69 m², e será situada no terreno ao lado na atual sede, localizada na Rua das Ipoméias, Setor Industrial Norte. O prédio atual foi edificado em 1982, e conta com 503,30m², e havia sido reformado e adaptado para instalação da Coordenadoria Regional da Politec.

Leia Também:  Troca dos cartões Ser Família Emergencial de Cuiabá começa nesta quinta-feira (12)

Sua arquitetura é pensada na integração entre os setores para uma melhor comunicação interna, com áreas de trabalhos integradas. Além disso foi concebido toda a estrutura para suporte da demanda atual e futura, fazendo-se assim que a edificação atenda, de forma adequada, a demanda atual assim como a projeção de crescimento da cidade.

Conforme o diretor-geral da Politec, Rubens Sadao Okada, a partir da assinatura deste convênio a instituição tabalhará em conjunto com a prefeitura de Sinop para adiantar o mais breve possível o lançamento do edital de concorrência para a licitação da obra.

Para o diretor, o ato representa um grande avanço e tem como foco a melhor prestação de serviços aos cidadãos. A construção da unidade levou em consideração a alta demanda de perícias e identificações atendidas pela regional, as condições estruturais do prédio e população diretamente atendida.

“As condições atuais do prédio não estavam condizente com o volume de atendimento que prestamos à população. O prédio é muito antigo e não comporta mais reformas, apesar de já termos feito reformas, o ambiente é pequeno e não comporta mais a quantidade de servidores. Trata-se de uma importante coordenadoria em relação à demanda de serviços e ao suporte a todas as gerências que ela abrange, como Alta Floresta, Sorriso e Guarantã do Norte”,disse.

Leia Também:  Museu de História Natural passa a ter entrada gratuita aos domingos

Abrangência

A Coordenadoria Regional de Sinop atende diretamente 32 municípios, com um total de 706.908 habitantes e possui atualmente 66 servidores lotados na unidade, entre peritos oficiais criminais e médicos legistas, papiloscopistas, técnicos em necropsia, área meio e médicos legistas contratados.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: