conecte-se conosco


MATO GROSSO

Campanha Maio Amarelo encerrada com mais de 30 mil atendimentos em todo Estado

Publicados

em

Mais de 30 mil atendimentos foram feitos ao longo do mês de maio em Mato Grosso, durante as diversas ações do movimento Maio Amarelo 2022 – Juntos Salvamos Vidas. As atividades foram realizadas pelo Detran-MT – por meio da Gerência de Ações Educativas -, Secretaria de Segurança Pública – por meio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) -, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), Guarda Municipal de Várzea Grande e Polícia Rodoviária Federal, além de diversas unidades do Detran no interior do Estado, que também se mobilizaram em ações conjuntas com as forças locais dos municípios em prol de um trânsito mais seguro.
 
Foram proferidas palestras, com orientações sobre um trânsito mais seguro, para mais de dois mil estudantes da educação infantil, ensino fundamental, médio e universitário, reforçando a importância do uso do cinto de segurança, de atravessar a via na faixa de pedestre, uso de capacete apropriado ao pedalar e andar de moto, entre outras orientações. 


 

Os colaboradores de empresas transportadoras de cargas e revendedoras de veículos de Cuiabá e interior também receberam informações sobre as condições adversas ao condutor, bebida e direção, legislação e atitudes mais seguras no trânsito. 
 
Cerca de 200 motoristas de veículos grandes e pesados, como caminhões e carretas, receberam orientações de trânsito, saúde e qualidade de vida, em uma ação integrada entre o Detran-MT, Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Trânsito (Senat), reforçando o importante papel de cada um na segurança nas estradas. 
 
As equipes do Detran e das forças de Segurança Pública também percorreram bares de Cuiabá, Várzea Grande e de algumas cidades do interior do Estado, com a abordagem educativa “Amigo da Rodada”, buscando uma reflexão dos cidadãos e condutores sobre os perigos da associação entre bebida alcoólica e direção, uma das condutas que mais causam acidentes graves e com vítimas fatais. Foram mais de 1.200 pessoas abordadas. 
 
As pessoas, que estavam consumindo bebida alcoólica nos bares, tiveram a oportunidade de realizar o teste do etilômetro e receberam informações sobre as penalidades às quais estariam sujeitas, caso fossem flagradas conduzindo veículo após a ingestão de bebida alcoólica.

Leia Também:  Cesar Miranda e Imac discutem ampliação de mercado para Mato Grosso na maior feira de alimentos do mundo


 

Também foram realizadas orientações educativas, com “Pit Stop” nas principais avenidas de grande fluxo em Cuiabá e Várzea Grande, abordando condutores de veículos, motociclistas e pedestres para a sensibilização da temática segurança viária, foco do Movimento Maio Amarelo 2022. Mais de 2 mil pessoas foram abordadas. 
 
Os ciclistas também receberam orientações durante o grande Encontro de Pedais, que reuniu cerca de 800 deles na Arena Pantanal, em Cuiabá, ponto final do pedal, onde receberam orientações sobre como pedalar em segurança e colaborar, assim, com um trânsito mais seguro para todos.  


 
 “As ações realizadas de forma integrada entre Detran, forças de segurança pública e demais parceiros oportunizaram momentos de reflexão na temática Movimento Maio Amarelo 2022 – Juntos Salvamos Vidas. O principal objetivo foi levar ao cidadão a mensagem de que todos somos responsáveis por um trânsito mais seguro, obedecendo as regras de circulação bem como o comportamento nas vias. O impacto foi positivo e vai subsidiar projetos e ações a serem realizados este ano”, avaliou a gerente de Ações Educativas do Detran-MT, Gresiella Almeida.

Leia Também:  Mato Grosso tem três dos cinco maiores municípios do agro
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Estado fecha o semestre com apreensão de mais de 160 maquinários e R$ 570 milhões em multas aplicadas por crimes ambientais

Publicados

em

Por

O Estado fechou o primeiro semestre do ano com a apreensão de 162 equipamentos, entre maquinários, tratores e veículos, R$ 570 milhões em multas aplicadas, resultado de 117 operações de combate aos crimes ambientais. Cerca de 51% das multas aplicadas foram por meio de operações in loco e o restante, de modo remoto por imagens de satélite de alta resolução.

O balanço integra dados da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Polícia Militar (PMMT) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT), que fazem parte do Comitê Estratégico para o Combate do Desmatamento Ilegal, a Exploração Florestal Ilegal e aos Incêndios Florestais (CEDIF-MT), com apoio de outras instituições e órgãos estaduais. 

Foram retirados de infratores 53 tratores pneus, 43 tratores esteiras, 47 caminhões e 19 veículos, flagrados em crimes ambientais durante o período. Destes, apenas nove foram inutilizados, por não haver como remover em local de difícil acesso.

A maioria das multas aplicadas é por desmate ilegal, somando R$ 403 milhões. Em seguida, por descumprimento de embargo de área (R$ 41 milhões), exploração florestal ilegal (R$ 37 milhões), fiscalização de estabelecimentos (R$ 19 milhões), descumprimento de notificação (R$ 18 milhões) e queimada ilegal (R$15 milhões).

Leia Também:  Investimentos na cultura de MT fazem a diferença porque são aplicados corretamente e nos 141 municípios, afirma Rosa Neide

Foram emitidos 1.898 autos de infração de crimes ambientais no período. Colniza está em primeiro lugar no valor de multas aplicadas por crimes ambientais (R$ 52 milhões), seguida por Marcelândia (R$ 50 milhões), Rosário Oeste (R$ 40 milhões), Aripuanã (R$ 25 milhões) e Juara (R$ 24 milhões).

Para a emissão dos alertas de desmate ilegal, é utilizada a plataforma de Imagens de Satélite Planet, que monitora todo o território estadual com imagens de alta resolução. Adquirida em 2019, a ferramenta é financiada pelo Programa REM Mato Grosso. Neste ano, o valor investido no combate aos crimes ambientais soma R$ 60 milhões, que incluem o combate ao desmatamento ilegal e aos incêndios florestais.

Operação Cedif – A Operação continua em todo o Estado. Foram colocadas em campo mais de 31 equipes, compostas por 100 efetivos, para combater crimes ambientais. A Operação Cedif tem este nome por integrar todos os órgãos estaduais e federais, além de instituições parceiras, que fazem parte do Comitê Estratégico para o Combate do Desmatamento Ilegal, Exploração Florestal Ilegal e Aos Incêndios Florestais (Cedif).

Leia Também:  Governo de MT apresenta os desafios da transformação digital em evento nacional

Denúncias
Ao se deparar com crimes ambientais, o cidadão pode fazer denúncias pelo 0800 065 3838, WhatsApp (65) 99321-9997 ou via aplicativo MT Cidadão (disponível para IOS e Android). 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: