conecte-se conosco


MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Cadastro para voluntários do Reconstruindo Sonhos é disponibilizado

Publicados

em


Já em funcionamento na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto “May” e no Centro de Ressocialização de Cuiabá, o Projeto Reconstruindo Sonhos será realizado este ano em outras unidades prisionais. Para sua efetivação, o Centro de Apoio Operacional Criminal e da Execução Penal do Ministério Público do Estado de Mato Grosso está realizando o cadastro de voluntários que desejam ser multiplicadores da iniciativa. (Acesse aqui o formulário). 

Segundo a promotora de Justiça coordenadora do projeto, Josane Fátima de Carvalho Guariente, os interessados serão previamente capacitados para a aplicação do projeto dentro das unidades prisionais. A capacitação, realizada de forma virtual, é oferecida pelo Instituto Ação Pela Paz. O voluntário não terá nenhum custo no decorrer da aplicação do projeto, além disso, receberá certificado de participação.

O projeto busca  fortalecer a reinserção social das pessoas em privação de liberdade e a redução da reincidência criminal por meio de duas fases: a de ampliação da compreensão do sentido da vida e a de qualificação e habilitação profissional para o mercado de trabalho. 

Leia Também:  MPMT passa a operar sistema informatizado de execução orçamentária

Para ser um multiplicador ou multiplicadora,  é necessário ter, no mínimo, 20 anos de idade; possuir ensino médio completo; já ter trabalhado com facilitação de grupos ou em projetos no sistema prisional; estar com imunização contra Covid-19 completa; não possuir vínculo com nenhuma pessoa em privação de liberdade da unidade prisional onde atuará; acreditar no poder transformador das pessoas e possuir disponibilidade para atuar uma vez por semana (período matutino ou vespertino) durante os três meses do projeto. 

Chefe do Departamento de Comunicação do MPMT, a jornalista Clênia Goreth da Silva Souza é voluntária do Reconstruindo Sonhos. Ela conta que já participou de quatro encontros na Penitenciária Feminina e que a experiência tem sido gratificante para o seu desenvolvimento pessoal. “Quando decidi ser voluntária do projeto não tinha a noção do quanto essa experiência seria enriquecedora para o meu crescimento pessoal. Os relatos que ouço a cada encontro têm provocado muitas mudanças na minha maneira de pensar e de agir. Acredito que, a exemplo das meninas que foram contempladas com o projeto, eu também me tornarei uma pessoa bem melhor após essa experiência”, destacou. 

Leia Também:  MPE cria canal exclusivo para receber denúncias de nepotismo

O Projeto Reconstruindo Sonhos é uma iniciativa do Ministério Público do Estado de Mato Grosso que conta com o apoio de diversos parceiros, como o Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Fundação Nova Chance, Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso e Instituto Ação Pela Paz.

Fonte: MP MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Município é notificado a oferecer transporte escolar na zona rural

Publicados

em

Por


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso notificou o Município de Novo Mundo, distante 785 Km de Cuiabá, para que forneça, imediatamente, transporte escolar integral, gratuito e contínuo a todos os alunos das comunidades rurais do Pré-assentamento Boa Esperança, localizado dentro da Gleba Nhandú. A medida visa garantir aos estudantes que residem nessas localidades o acesso a todas as escolas públicas situadas tanto na zona rural quanto na área urbana. 

Na notificação, a promotora de Justiça Ana Paula Furlan Teixeira recomenda ainda que sejam concluídos os reparos nos locais de trajeto dos ônibus escolares, incluindo as pontes, mantendo-as em condições de trafegabilidade. Segundo o MPMT, o Pré-assentamento Boa Esperança se encontra dentro da Gleba Nhandú (Ação Reivindicatória nº 0005891-77.2009.4.01.3603, que teve sentença da Justiça Federal de Sinop/MT, favorável à União, reconhecendo a mesma como proprietária da área, decisão esta mantida em sede de liminar pelo Tribunal Regional Federal de 1ª Região). 

A Notificação Recomendatória foi expedida pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso após recebimento de denúncia efetuada pelo deputado estadual Valdir Barranco ao procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira.

Leia Também:  TAC garante funcionamento de casa lar em Pontes e Lacerda

Foto: Ilustrativa-FNDE.

Fonte: MP MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: