conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro encerra entrevista ao ser questionado se Onyx continua no governo

Redação

Publicados

em


source
Bolsonaro arrow-options
Isac Nóbrega/PR

Bolsonaro voltou a se recusar a falar com a imprensa após um assunto polêmico.

O presidente Jair Bolsonaro encerrou abruptamente uma entrevista na qual falava da reação do Brasil ao coronavírus, na tarde desta sexta-feira, ao ser questionado se o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni , continua no governo. Acompanhado por quatro ministros, ele saiu de uma reunião no Palácio da Alvorada para atender a imprensa e disse estar pronto para conversar sobre o tema discutido no encontro.

Leia mais: Onyx chega a Brasília e diz que não considera deixar o governo

Quando uma repórter perguntou sobre a permanência de Onyx , quase 12 minutos depois, Bolsonaro interrompeu e disse que isso não é assunto e “não foi tratado aqui”. Indagado em seguida quando iria encontrar o ministro da Casa Civil, o presidente disse que ele estava no palácio “agora há pouco”. Onyx havia deixado o Alvorada pouco antes da saída do presidente.

“Bem, já que deturpou a conversa, acabou a entrevista. Obrigado, pessoal – declarou, encerrando a interação com os repórteres e passando a cumprimentar apoiadores que estavam no local”.

Leia Também:  Câmara inicia a primeira sessão de votação de hoje

As cenas foram transmitidas ao vivo pela página do presidente no Facebook. Bolsonaro então olhou para a câmara e falou aos espectadores:

“Ao pessoal que tá ouvindo aqui, a entrevista tratava exclusivamente da questão do coronavírus e quando começam outras perguntas, a gente sair fora porque o que nós queremos é solução para o Brasil, e não problema”, comentou.

Em meio à crise que culminou na demissão do ex-secretário-executivo da Casa Civil, Vicente Santini, e na retirada do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da pasta, ao longo da semana, o ministro antecipou o fim das férias e retornou na manhã desta sexta para Brasília. Na chegada ao aeroporto, ele disse que não cogita deixar o governo.

Pouco antes do meio-dia, o ministro foi para o Palácio do Planalto, onde se reuniu com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno. À tarde, Bolsonaro publicou em edição extra do Diário Oficial da União um despacho oficializando a interrupção do afastamento de Onyx, prevista para durar até o próximo domingo. E o ministro foi participar de reunião no Palácio da Alvorada, sem falar com a imprensa.

Leia Também:  Aprovada urgência para projetos sobre regularização tributária e instalação de antenas

Leia também: Carlos Bolsonaro ri após ser bloqueado por Dilma no Twitter

Na entrevista, Bolsonaro era acompanhado pelos ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Ernesto Araújo (Relações Internacionais), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Fernando Azevedo (Defesa). Além deles, também participaram da reunião Augusto Heleno e Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência).

No Palácio do Planalto, conversas de bastidores indicam a possibilidade de uma minirreforma ministerial para dar uma “saída honrosa” a Onyx , que poderia migrar para o Ministério da Educação. Segundo relatos de auxiliares do presidente e de ministros, o titular da pasta, Abraham Weintraub , poderia migrar para a Secretaria-Geral e Jorge Oliveira iria para a Casa Civil. Até o momento, no entanto, Bolsonaro não se manifestou publicamente sobre a suposta articulação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

PEC que aumenta repasse a municípios ainda pode ser votada nesta terça

Redação

Publicados

em

Por

 

O deputado Marcel van Hattem (Novo-RS), que preside a sessão plenária em andamento, esclareceu que a Câmara dos Deputados ainda pode votar hoje a PEC 391/17, que aumenta em 1 ponto percentual os repasses de alguns tributos da União para as cidades, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Porém, para que isso aconteça, ele afirmou que é preciso exaurir a pauta da sessão em andamento, que tem 12 propostas aguardando votação. Ou deve ser encerrado o prazo da sessão em andamento – 5 horas mais prorrogação – e se iniciar nova sessão. A sessão que ocorre neste momento começou às 16h56.

Saiba como funcionam as sessões virtuais do Plenário

Mais informações a seguir

Reportagem – Lara Haje
Edição – Pierre Triboli

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Plenário rejeita destaques e aprova Fundo de Investimento para o Setor Agropecuário
Continue lendo

CIDADES

CIDADES2 dias atrás

PMs de Rosário Oeste, Jangada e Acorizal abordam ônibus na rodoviária de Jangada e recuperaram arma de fogo e munições furtadas no ano passado.

Por volta da 00h30min deste sábado (10), as guarnições do 7º Batalhão da PM sediado em Rosário Oeste e dos...

CIDADES2 dias atrás

PM realiza abordagens na cidade de Jangada e detém indivíduo com mandado de prisão

Durante esta tarde de sexta-feira (09), policiais militares do 7° BPM e da Força Tática do Regional PM de Várzea...

CIDADES2 dias atrás

Prefeito de Diamantino exonera Secretária de Assistência Social e vai nomear rosariense no lugar

Marta Scardua não é mais secretária municipal de Assistência Social. A informação foi confirmada pelo próprio prefeito às 20:00 horas...

CIDADES2 dias atrás

Dois acidentes são registrados nesta sexta-feira na BR-163 em Nova Mutum-MT

Dois acidentes envolvendo três veículos, um de passeio e dois de carga foi registrado na tarde desta sexta-feira (09), por...

CIDADES3 dias atrás

PRF apreende droga avaliada em média de R$ 5 milhões no Km 499 da BR-364 em Jangada

Na tarde desta quarta-feira (07), a equipe da PRF, abordou no km 499 da BR 364 em Jangada/MT, após abordagem...

CIDADES3 dias atrás

NOBRES: Após denúncia, homem é preso com cinco quilos de maconha no bairro Ponte de Ferro

O.C. de 47 anos foi preso na tarde desta quinta-feira (07), no bairro Ponte de Ferro com 5 kg de...

CIDADES3 dias atrás

Polícia Civil localiza mais R$ 150 mil em defensivos agrícolas em região de mata em Diamantino

  Camila Molina/Polícia Civil-MT Mais uma grande quantidade de defensivos agrícolas de origem ilícita foi encontrada pela Polícia Civil nesta...

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA