conecte-se conosco


POLICIAL

Ato em combate à violência contra a mulher lembra vítimas de feminicídios em MT

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Instituições que atuam na rede de proteção a vítimas de violência doméstica e familiar realizaram nesta quarta-feira (01.12), uma manifestação, no centro da Capital, lembrando das 41 vítimas de feminicídios ocorridos neste ano, em Mato Grosso.

A manifestação faz parte da campanha 21 dias de ativismo em combate à violência contra a mulher realizada em todo o mundo. A campanha segue até o dia 10 de dezembro.

A delegada Mariell Antonini Dias, da Delegacia da Mulher de Várzea Grande, lembra que cada vítima de feminicídio tem uma história de vida, com relatos de vida de diversos tipos de violência.

Foram penduradas em um varal peças de roupas femininas com marcas de tinta em vermelho lembrando

Participaram do ato representantes das Delegacias da Mulher de Cuiabá e de Várzea Grande, do Conselho Estadual da Mulher e parlamentares.

 

Um levantamento feito pela Polícia Civil mostra que das 78 ocorrências de homicídios de mulheres e de feminicídios registradas até outubro deste ano, 77% deles foram esclarecidos, com 60 autores identificados e 37 deles presos em flagrante ou por mandado de prisão decorrentes das investigações.

Leia Também:  Ação integrada recupera cabeças de gado desviadas em golpes de estelionato contra pecuaristas em Vila Rica

O estudo aponta que 56% das mortes ocorreram nas residências das vítimas. Já o principal meio empregado pelos autores nos crimes foi a arma branca, em 38% dos casos. O emprego desse tipo de arma chama a atenção no levantamento, em função de ser um tipo de objeto presente em todos os lares e que tem reflexos relacionados também à pandemia, em que o isolamento social foi necessário, com as vítimas mais tempo no ambiente doméstico, diferente do meio empregado em anos anteriores, quando a arma de fogo foi o principal instrumento utilizado em homicídios de vítimas femininas.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil recupera objetos furtados de empresa em Sinop avaliados em mais de R$ 10 mil

Publicados

em

Por


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos em crimes de furto e receptação foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (27.01), em rápida ação realizada pela equipe de policiais da Central de Flagrantes de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá). A ação resultou na recuperação de equipamentos subtraídos de uma empresa de comunicação visual, avaliados em mais de R$ 10 mil.

Os suspeitos, de 49 e 26 anos, foram flagrados em posse dos objetos subtraídos da empresa, sendo um deles autuado em flagrante pelo furto e o outro pelo crime de receptação.

As diligências iniciaram após a vítima registrar o boletim de ocorrência relatando que chegou a empresa e encontrou a porta da frente aberta, tendo vários objetos subtraídos do interior do estabelecimento, como ferramentas elétricas, caixa de som, impressora e outros utensílios.

Imediatamente após a comunicação dos fatos, os policiais da Central de Flagrantes iniciaram as diligências, conseguindo identificar o possível autor do furto. Em diligências, as investigações localizaram o suspeito em posse de uma das ferramentas furtadas da empresa.

Leia Também:  Ação integrada recupera cabeças de gado desviadas em golpes de estelionato contra pecuaristas em Vila Rica

Questionado, ele confessou a autoria do furto e disse que tinha vendido os demais itens furtados para um terceiro. Em continuidade as diligências, os policiais foram até a residência do receptador, onde foram localizados os outros materiais furtados da empresa.

Diante dos fatos, os dois suspeitos foram conduzidos a Central de Flagrantes de Sinop onde após serem interrogados foram autuados pelos respectivos crimes.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: