conecte-se conosco


CIDADES

ARENÁPOLIS: Padrasto é morto a pauladas por enteado após agredir a família enquanto estava bêbado

Segundo testemunhas, o homem estava embriagado e teria agredido a mulher e a filha, quando o enteado, de 22 anos, interviu. As brigas entre o casal eram constantes.

Publicados

em

Um homem de 56 anos foi morto pelo enteado, de 22 anos, durante uma briga familiar em Arenápolis, 259 km de Cuiabá, nesse domingo (27). Segundo testemunhas, a vítima estava embriagada e teria agredido a mulher e a filha, quando o enteado interviu.

A mulher, de 42 anos, foi socorrida e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, com ferimentos no olho, causados pelo marido. Ela relatou que as brigas entre o casal eram constantes.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher contou que ela e o marido tiveram uma discussão, nesse domingo.

Ele estava alcoolizado e saiu para a rua armado com uma faca. O homem foi até um bar, onde causou uma briga, e depois voltou para a casa deles, no Centro de Arenápolis.

Ao chegar na residência, o marido queria bater na filha do casal. No momento da agressão, o enteado dele interviu e os dois começaram a brigar.

O enteado pegou um pedaço der madeira e bateu na cabeça do padrasto, que morreu na hora.

O suspeito foi conduzido para a delegacia e autuado em flagrante.

Leia Também:  Vitinho, jovem eleito a Vereador agradece os votos recebidos de confiança do povo Jangadense

Fonte: G1-MT

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Sorriso: Jovem é ameaçado e perde quase R$ 3 mil após trocar mensagem com mulher casada

Publicados

em

Por

Terra MT Digital

Um jovem, de 19 anos, procurou delegacia para relatar que pode ter caído em um golpe após receber uma solicitação de amizade no Facebook, de uma mulher e depois ser ameaçado por dois homens, que entraram em contato via whatsapp.

Segundo o jovem, ele aceitou o pedido de amizade da suposta mulher e começaram a conversar.

Ele passou o número do WhatsApp e depois que estavam conversando e a conversa estava “caliente, dois homens entraram em contato com o jovem por números diferentes pelo WhatsApp, dizendo que o jovem estava mexendo com mulher casada e que seus colegas iriam pegá-lo, que eles eram faccionados e que queriam resolver logo o problema, então pediram uma quantia de R$3000, pra deixar o jovem sem problemas com o esposo da mulher.

O jovem, com medo, realizou cinco transferência no total uma no valor de R$ 1000, cinco no valor de R$ 500 e uma no valor de R$311 totalizando R$2811.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ACORIZAL: Polícia investiga se Jovem morto em festival de pesca foi vítima de execução
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: