conecte-se conosco


POLÍTICA

Após batalha judicial, Tigresa fica fora da lista do partido

Atriz de filmes adultos Ester Caroline, popularmente conhecida como Tigresa Vip, ficou de fora da lista de candidatos da legenda ao cargo de deputado federal.

Publicados

em

Gazeta Digital

Após acionar a Justiça para ter validada sua filiação ao Partido dos Trabalhadores, a atriz de filmes adultos Ester Caroline, popularmente conhecida como Tigresa Vip, ficou de fora da lista de candidatos da legenda ao cargo de deputado federal.

A informação foi confirmada pelo presidente do PT em Mato Grosso, deputado estadual Valdir Barranco, durante convenção do partido na tarde desta sexta-feira (5).

À imprensa, Barranco negou que o nome de Tigresa não tenha sido colocado para apreciação e acrescentou ainda que o partido considerou uma proposição da atriz feita fora do prazo.

Segundo o deputado, toda o desarranjo entre a atriz e sigla não teria ligação com a Executiva do partido e, sim, com o Diretório de Barão de Melgaço, onde Ester realizou sua filiação.

Contudo, mesmo a atriz conquistar na Justiça o direito à filiação, Ester teve seu nome rejeitado para compor o conjunto de representantes da legenda na disputa pelo Parlamento federal.

“Nós a inserimos (nome de Tigresa para apreciação) e inclusive na última Executiva, mesmo fora de prazo, a inscrição dela. Porque a inscrição dela era para deputada estadual, ela fez um pedido fora de prazo para federal e nós acatamos”, disse Barranco.

Leia Também:  Deputado Dr.João destina emenda para aquisição de Van em Nova Brasilândia

“No entanto, nós tínhamos apenas 5 vagas e das 5 acho que eram mais de 13 candidatos concorrendo. Nós efetuamos cortes que levaram em consideração todos os demais que foram cortados, não só ela”, acrescentou o deputado.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Lei orçamentária exerce o controle externo sobre as finanças governamentais

Publicados

em

Por

É a LOA quem exerce o controle externo sobre as finanças governamentais. Assim, o texto da lei, do ano seguinte, precisa ser aprovado em duas votações pelos deputados até a última sessão legislativa do ano

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A peça orçamentária que a autoriza o Poder Executivo a aplicar os recursos arrecadados na manutenção das atividades da administração pública, fazer investimentos e pagar os credores é a Lei Orçamentária Anual (LOA).  Essa lei funciona como um direcionamento para os gastos e despesas do governo, além de indicar o orçamento financeiro disponível para o ano seguinte.     

Além disso, ela demonstra a prioridade dos gastos e investimentos em áreas estratégicas para alcançar os resultados esperados pelo governo inclusos no PPA. O projeto de lei deve ser encaminhado, anualmente, pelo Executivo estadual até 30 de setembro para a discussão e votação na Assembleia Legislativa.   

Para aprová-la em plenário, os deputados precisam discutir a LOA, em pelo menos duas audiências públicas, com a presença do cidadão mato-grossense. Essa peça compreende o orçamento fiscal referente aos poderes do Estado, seus fundos, órgãos e entidades da administração pública direta e indireta.     

Leia Também:  Botelho destaca ampliação de atendimento do TRE em parceria com a ALMT

Ela precisa ser votada e aprovada pelo voto da maioria absoluta (13) dos deputados. É a LOA quem exerce o controle externo sobre as finanças governamentais. Assim, o texto da lei, do ano seguinte, precisa ser aprovado em duas votações pelos deputados até a última sessão legislativa do ano, normalmente antes do final do ano corrente.  

  Além disso, a LOA define o orçamento de investimento das empresas em que, direta ou indiretamente, detenha a maioria do capital social com direito a voto. A lei determina o orçamento de seguridade social, abrangendo todas as entidades e órgãos a ela vinculados, da administração pública direta ou indireta bem como os fundos instituídos e mantidos pelo poder público. 

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: