conecte-se conosco


POLICIAL

Advogado é preso em flagrante pela Polícia Civil por violência física e psicológica

Publicados

em

Um advogado suspeito de agressões físicas e morais contra a esposa, em Cuiabá, foi preso pela Polícia Civil, na noite de terça-feira (07.06), em uma atuação da equipe do Plantão de Atendimento à Vítima de Violência Doméstica e Sexual da Capital.

O suspeito de 41 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal e ameaças no âmbito da Lei Maria da Penha.

As diligências iniciaram logo após a vítima de 27 anos comparecer na unidade da Polícia Civil e relatar que havia acabado de ser agredida pelo marido. Ela estava com lesões na cabeça, braço e joelho.

As agressões ocorreram na residência do casal, no bairro Shangri-lá. A vítima informou que o suspeito vem ,reiteradamente, a agredindo física e moralmente, além de ser impedida de trabalhar fora e depender financeiramente do agressor.

De acordo com a apuração inicial, há indícios de violência psicológica e convivência abusiva desde que a mulher se casou, aos 15 anos de idade com o suspeito. Ela contou que também foi ameaçada de morte.

Segundo a vítima, todas as vezes que ela manifesta o interesse de romper com o relacionamento abusivo, o marido a ofende verbalmente e ameaça, dizendo que vai retirar a guarda dos filhos do casal e impedir que ela os visite.

Leia Também:  Dois ladrões do Banco de Nova Bandeirantes foram presos na BR 163/364 pelo 7º BPM.

Diante da gravidade dos fatos, os policiais civis realizaram as diligências e conduziram o suspeito ao Plantão da Mulher, onde foi interrogado pela delegada Lizzia Ferraro. Depois da autuação em flagrante delito, ele foi encaminhado para audiência de custódia, no Fórum da Capital.

A vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito e atendimentos psicológico e jurídico.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicados

em

Por

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jovem é encontrado morto com sinais de execução na MT-241 em Nobres
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Add this code where the ad should appear:
Add this code before the tag: